'Prisão em CPI é apenas passeio de camburão', avalia Ciro Nogueira

Declaração do senador piauiense foi dada ao site O Antagonista

26/05/2021 13:46h - Atualizado em 26/05/2021 13:53h

Compartilhar no

Um dos senadores que integram o grupo governista na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid no Senado, Ciro Nogueira (Progressistas) têm feito críticas à postura dos membros da oposição em “constranger” alguns depoentes no colegiado com ameaças de prisão. Em entrevista ao site O Antagonista, o piauiense rechaçou o comportamento.

“Ameaça de prisão é um desserviço a quem quer esclarecer os fatos. O objetivo da CPI não é constranger pessoas, é esclarecer os fatos”, disse o senador ao veículo de imprensa nacional momentos antes da médica Mayra Pinheiro, conhecida como “Capitã Cloroquina” ser interrogada na CPI da Covid na última terça-feira (25) sob esse risco.

(Foto: Moreira Mariz/Agência Senado)

O mesmo aconteceu quando o ex-secretário de Comunicação da presidência da República, Fabio Wajngarten, foi ouvido pela comissão, alguns membros da comissão solicitaram ao presidente da CPI, Omar Aziz, que o mesmo fosse preso por mentir em seu depoimento, pedido que não foi acatado.

“Quem tem um pouco de conhecimento de prisão em CPI sabe que é apenas um passeio de camburão: a pessoa é detida, vai na Polícia Federal, faz exame de corpo de delito e é liberada. Seria apenas para criar constrangimento, sou contra esse tipo de comportamento”, finalizou Ciro Nogueira.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Com informações de O Antagonista

Deixe seu comentário