Projeto pode multar caçadores em até R$ 12 mil e proibir sacrifício animal em Teresina

A proposta será apresentada na terça-feira (21) e passará pelas comissões de Justiça, Meio Ambiente e Finanças

21/06/2022 08:50h

Compartilhar no

Um projeto de lei que tramita na Câmara Municipal de Teresina, de autoria da vereadora Thanandra Sarapatinhas (Patriota), que é também protetora de animais, prevê a proibição de todas as modalidades da caça em Teresina. A proposta será apresentada na terça-feira (21) e passará pelas comissões de Justiça, Meio Ambiente e Finanças antes de ser apreciada pelo plenário.

A proposta da vereadora prevê a aplicação de uma multa que pode chegar ao valor de 10 salários mínimos, ou seja, R$ 12,1 mil, para os infratores da lei. Os valores angariados com a aplicação da multa serão destinados para a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam) e, segundo o projeto, deverão ser revertidas em ações em prol do bem-estar dos animais. 

FOTO: Arquivo O DIA

Çaça profissional e amadora

O projeto de lei cita especificamente a proibição para a prática da caça do tipo profissional ou amadora. O projeto de lei também veda o sacrifício de qualquer animal, silvestre ou não, como forma de realizar controle populacional da espécie. 

Atividade Cruel

Thanandra Sarapatinhas destaca a importância de haver uma regulamentação da prática da caça em Teresina. Para ela, a legislação garantirá uma maior segurança para a proteção, tanto física quanto jurídica, principalmente, para animais silvestres. 

“A caça, sendo ela de qualquer tipo, é uma atividade cruel e muito perigosa para animais. Não consigo enxergar um motivo racional par tirar a vida de um bicho sem nenhum motivo. Apenas pelo prazer ou, pior, para lucrar com isso. Espero que aprovem, pois aqui em Teresina e no Piauí não precisa procurar muito para perceber que a caça acontece de maneira indiscriminada. É quase uma cultura”, avaliou a vereadora.

FOTO: Ascom Thanandra Sarapatinhas

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Com informações Ascom Thanandra

Deixe seu comentário