Projeto pode obrigar servidores de Teresina a tomarem vacina contra a Covid-19

De acordo com o projeto de vereador Dudu, quem se recusar a toma a vacina será afastado do trabalho sem remuneração

14/09/2021 11:05h - Atualizado em 14/09/2021 11:17h

Compartilhar no

Um projeto polêmico do vereador Dudu Borges (PT) entrou em discussão na Câmara Municipal de Teresina na manhã desta terça (14). O parlamentar quer obrigar servidores municipais a tomarem vacina ou serão afastados sem remuneração das suas funções. A medida divide opiniões mundialmente, na Europa uma onda de violentos protestos fez com que governos recuassem na obrigatoriedade da vacinação.

(Foto: Assis Fernandes/ODIA)

Segundo Dudu, o servidor público não pode colocar em risco a saúde de outras pessoas. “Ele [servidor] não é obrigado a se vacinar, mas ele é obrigado a ser afastado da função até que cesse a pandemia e a gente tenha o controle sanitário completo. Ao passo que ele fica afastado nesse período, ele também fica sem receber seu salário. Não é justo a população pagar para alguém que não quer ter imunização de uma vacina que possa dar segurança para seus colegas e a população que atende”, explica.

O vereador comenta ainda que já recebeu algumas denúncias em Teresina de profissionais, inclusive da área da Saúde, que se recusam a vacinar contra Covid-19. "Você trabalha diretamente com a população, recebe dinheiro do povo, tem a oportunidade que muitos tiveram, que mais de 590 mil brasileiros perderam suas vidas, e você se recusa a se imunizar por qualquer outro motivo?”, questiona.

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário