PTB realiza convenção e oficializa adesão a candidatura de Silvio Mendes

Nel Lopes desistiu da disputa ao senado para viabilizar a composição com o União Brasil e será candidato a deputado federal

28/07/2022 11:38h

Compartilhar no

O Partido Trabalhista Brasileiro oficializou, na manhã desta quinta (28), adesão à pré-candidatura de Silvio Mendes (União Brasil) para o governo do Piauí. A sigla, que já foi a maior do estado em número de prefeitos, não terá chapa proporcional estadual, apenas candidatura a Câmara Federal. O pré-candidato ao senado, Nel Lopes, desistiu da disputa para viabilizar a composição com o União Brasil.

O presidente do PTB no Piauí, Venício do Ó ressaltou a importância do momento para a reconstrução do partido no Piauí. “É um desejo do PTB e uma obrigação nós trabalharmos com um candidato de direita, nosso estatuto não permite candidatos de esquerda. Temos a certeza que o Piauí vai mudar, e vai mudar com Silvio Mendes. O PTB quer fazer parte desta história, já fomos protagonistas neste estado e estamos renascendo com a nossa chapa de deputados federais”, projetou o dirigente partidário.

FOTO: Assis Fernandes/O DIA

Após a decisão do ex-presidente nacional da legenda, Roberto Jefferson, de proibir alianças com partidos de esquerda, o PTB perdeu os últimos dois deputados que estavam filiados ao partido. Jannaína Marques e Nerinho deixaram a sigla para se filiar ao PT. Hoje apenas vereadores ainda restam no partido em todo o Estado. O ex-senador João Vicente Claudino também deixou o PTB por discordar da norma.

Já Nel Lopes falou em “maturidade” ao abdicar da candidatura a senador, ele e o partido apoiarão o pré-candidato Joel Rodrigues (Progressistas) para o senado. “Refleti bastante, ouvi muitos amigos e cheguei a conclusão de que o melhor para o partido, para o Piauí e para o Brasil é retirar a minha pré-candidatura ao senado e me colocar a disposição para a Câmara Federal. Tenho uma caminhada de 40 anos sem nenhum mandato e sem nenhuma imunidade, chegou a hora, tenho certeza que vamos conseguir os 150 mil votos para chegar até a Câmara”, finalizou.

FOTO: Assis Fernandes/O DIA

Fortalecimento da direita

Venício explicou também que o momento da convenção do PTB, aliado a partidos de direta e centro-direta, como o União Brasil e o PL, fortalece o bloco da direita no Piauí. “O resultado das urnas vai mostrar essa situação, já vimos nas eleições anteriores esse fortalecimento da direita. Tínhamos a opção de apoiar o candidato Coronel Diego que está no PL, temos uma segurança grande de que as eleições serão decididas no 1° turno e por isso aderimos ao Silvio. Com essa decisão vamos ter uma direita mais fortalecida no Piauí a partir do dia 02 de Outubro”, disse o dirigente partidário.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário