Rafael Fonteles diz que fica na secretaria "até quando o governador quiser"

Nos bastidores a expectativa é que até março Fonteles se desincompatibilize para disputar o comando do estado

12/01/2022 12:49h

Compartilhar no

O secretário de Fazenda do Piauí, Rafael Fonteles, deixou em aberto o seu futuro a frente da pasta, pré-candidato ao governo do Estado, Fonteles pode deixar o governo a qualquer momento para iniciar a sua pré-campanha. Nos bastidores a expectativa é que até março Fonteles se desincompatibilize para disputar o comando do estado. Na última terça-feira (11) Fonteles se reuniu com o Presidente da Assembleia, Themístocles Filho, futuro candidato a vice na chapa de situação. 

(Foto: Assis Fernandes/ODIA)

O secretário revelou os detalhes da reunião com Themístocles e confirmou que intensificou as discussões com os partidos para definir logo a chapa majoritária  "Me reúno com o presidente Themístocles e os demais deputados constantemente para cumprir as nossas obrigações com o poder legislativo. Temos que aguardar as decisões dos partidos, o nosso nome está à disposição do Partido dos Trabalhadores, os partidos irão decidir essa questão da formação da chapa majoritária. Claro que a partir desse momento começam a se intensificar as discussões em torno disso, vamos ter um período no mês de março onde iremos discutir a possibilidade de mudança de partidos, tem todo um calendário que vai ser seguido, vamos aguardar a decisão dos partidos" afirmou Fonteles. 

O secretário cobrou também a união dos partidos aliados no momento de conclusão da estratégia governista. "Eu fico na secretaria até quando o governador Wellington Dias desejar. Os partidos que compõe a base do governo deverão permanecer unidos, portanto o PT, o MDB, o PSD, como outros partidos, são importantes nessa composição. Certamente os líderes irão tomar as decisões corretas", finalizou Rafael Fonteles. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário