Reforma administrativa de Dr. Pessoa extingue Secretaria de Comunicação

O texto extingue ainda 21 ouvidorias municipais, programas e cargos do organograma municipal

08/02/2021 17:02h - Atualizado em 08/02/2021 17:14h

Compartilhar no

A reforma administrativa do prefeito Dr. Pessoa será entregue nesta terça-feira (9) na Câmara Municipal de Teresina. A proposta, que é aguardada desde o início da gestão, apresenta a extinção de secretarias, programas e cargos do organograma municipal.


Leia tambémPiauí: entidades filantrópicas pedem apoio de parlamentares para arrecadar recursos 


O secretário municipal de Governo, Adolfo Nunes, explicou que o líder do governo da Câmara, vereador Renato Berger (PSD), foi comunicado e deve protocolar a reforma no período da manhã para que o texto seja analisado pelas comissões do legislativo e siga para votação em plenário. 

“Entrei em contato com o líder do governo e amanhã por volta das 10h a gente leva o projeto para a Câmara Municipal. Existe uma lei que impõe aos municípios não criarem mais despesas. Levou um tempo a confecção da reforma porque jogamos com os números”, informou o secretário Adolfo Nunes. 

Secretário de Governo, Adolfo Nunes (Foto: Assis Fernandes / O Dia)

Veja as principais mudanças 

A reforma administrativa transforma a Secretaria Municipal de Comunicação em coordenadoria e extingue o Colab, programa de comunicação entre a população e a gestão municipal. O secretário Adolfo Nunes alegou que o Colab gera uma despesa mensal de R$ 350 mil.

O texto trata também sobre a extinção de 21 ouvidorias ligadas às secretarias municipais. “Eliminamos vários cargos para diminuir as despesas. 21 ouvidorias serão extintas. O celular resolve muito, não exige uma estrutura de pessoas para você ter uma notificação de um problema na cidade”, explicou Adolfo Nunes. 

A Secretaria de Segurança, prometida pelo prefeito Dr. Pessoa durante a campanha e que seria comanda pelo coronel Nixon Frota, ficou como uma Coordenadoria ligada a Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi).

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário