Samarone diz que Mão Santa administra de forma arcaica

Samarone avalia que o modelo de política do prefeito Mão Santa é arcaico, pois toda a gestão é direcionada para beneficiar seu grupo político e não para governar para toda a cidade.

07/12/2019 09:28h

Compartilhar no

O vice-prefeito de Parnaíba, Marcos Samarone, aproveitou o Congresso estadual do Patriota para confirmar sua pré-candidatura a prefeito do município e fazer críticas a atual gestão administrativa da cidade. Samarone avalia que o modelo de política do prefeito Mão Santa é arcaico, pois toda a gestão é direcionada para beneficiar seu grupo político e não para governar para toda a cidade.

O vice-prefeito quer concorrer à Prefeitura em 2020. Foto: Jornal O Dia.

“Quando você está em campanha é uma batalha, mas uma vez eleito, você é o prefeito de todos. Lá o clima da gestão é como se fosse campanha todo dia, assim ele tende a governar para quem está na panelinha dele, e isso não é o jeito de fazer política republicana. Por isso rompemos”, diz o vice-prefeito.

Samarone informou ainda que todos os secretários ocupam os cargos apenas para que sejam responsabilizados em casos de investigação, mas todo o comando das pastas quem exerce é a filha de Mão Santa, Gracinha Moraes Souza. “Quem comanda tudo lá é só uma pessoa e não é o prefeito. É uma usurpação consensual do poder.”, afirma.

Samarone avalia que em janeiro começa a tratar sobre a pré-candidatura a prefeito e diz que vai apresentar um projeto de gestão baseado em investimentos na áreas sociais, saúde, educação, entre outras.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Por: Natanael Souza, do Jornal O Dia / João Magalhães, do Jornal O Dia

Deixe seu comentário