"Se o Marcelo Castro votar na Simone Tebet, eu também voto", afirma Edson Melo

No Piauí vários Mdebistas já declararam apoio a candidatura de Lula, o PSDB ainda não definiu quem seguirá

24/05/2022 12:22h - Atualizado em 24/05/2022 12:36h

Compartilhar no

O vereador Edson Melo (PSDB) colocou em dúvida o apoio do MDB do Piauí à pré-candidata a Presidência da República de Simone Tebet (MDB-MS). Nos bastidores algumas siglas de centro costuram uma aliança entre PSDB e MDB após a desistência de João Dória na disputa. Próximo a Bolsonaro, Edson Melo deve apoiar o atual presidente na sua reeleição, já os tucanos piauienses, na oposição estadual, devem apoiar Silvio Mendes para o governo.

De forma irônica, Edson Melo mostrou descrença no apoio do MDB do Piauí a Tebet. “O que faz um candidato crescer, ou não, é se consolidar são as pesquisas eleitorais. A gente vê hoje uma eleição presidencial polarizada, fica difícil o aparecimento de uma candidatura que venha aglutinar os partidos, como uma coligação majoritária entre MDB e PSDB. Acho muito complicado, acho que cada um vai tomar o seu rumo independente do partido. Eu avalio a candidatura da Tebet com um desafio. Se o presidente do MDB no Piauí, Marcelo Castro, votar na Simone Tebet o Edson Melo e o PSDB do Piauí também vota”, indagou o vereador.

Foto: Tarcio Cruz/ O DIA

Já Marcelo Castro elogiou Simone Tebet, porém cobrou “viabilidade” da candidatura da senadora. No Piauí vários Mdebistas já declararam apoio a candidatura de Lula.  “Vamos aguardar para ver o desenrolar, uma coisa é a torcida, outra é a realidade. O que eu vejo de um ano para cá é a consolidação da polarização Lula x Bolsonaro. Vamos deixar na mão da nossa candidata Simone Tebet. Ela é uma pessoa excepcional, competente, sem nenhuma dúvida é uma grande candidata, mas ela tem que analisar a viabilidade eleitoral”, disse o presidente do MDB no Piauí. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário