Silvio Mendes oficializa plano de governo e coloca educação como maior desafio do Piauí

O projeto teve a colaboração de vários técnicos dentre eles o ex-governador do Piauí, Freitas Neto, a deputada federal Iracema Portella

18/05/2022 11:33h

Compartilhar no

O pré-candidato ao Governo do Piauí, Silvio Mendes (UB), oficializou na manhã desta quarta (18) o seu plano de governo. O documento foi apresentado a técnicos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí (IFPI) e traz como desafio central a educação. Com mais de 100 páginas o projeto teve a colaboração de vários técnicos dentre eles o ex-governador do Piauí, Freitas Neto, a deputada federal Iracema Portella, o ex-secretário Kléber Montezuma e vários ex-técnicos.

A proposta traz alguns conceitos que serão adotados pelo grupo em caso de vitória na eleição deste ano. O documento elenca três tópicos centrais; qualidade de vida, infraestrutura econômica e temas especiais e a partir deles traz proposições para diversas áreas como saúde, educação, segurança dentre outros setores. O documento pode ser acessado na íntegra através do site https://planodegovernodaoposicaopi.com.br/. 

FOTO: Tarcio Cruz/ ODIA

Silvio Mendes explicou que o ponto departida foi entender o cenário administrativo do Piauí, para depois apresentar alternativas.  “O primeiro ponto foi fazermos um diagnóstico, saber dos problemas e apresentar as soluções. Esse documento foi feito por professores, prefeitos, gestores, ex-gestor. Apontamos as soluções e os caminhos. O mais importante é a educação, nós fizemos a melhor educação do Brasil em uma cidade que não é a mais rica. O estado não fez”, disse o ex-gestor.

FOTO: Tarcio Cruz/ O DIA

O pré-candidato explicou também que a saúde será um dos tópicos centrais da sua gestão em caso de vitória. “A reclamação maior da população do Piauí hoje é a saúde, que não atende. Teresina é o grande hospital do estado, e não pode ser. Temos que descentralizar as ações, uma cidade como Picos não tem uma maternidade, nem IML, quem morrer tem que fazer um laudo em Floriano e Teresina. Não se respeita nem os vivos e nem os mortos”, criticou Silvio Mendes.

Impasse com Teresa Britto

Na área política Silvio Mendes avaliou o impasse entre Teresa Britto (PV) e o grupo político da base governista. Para ele a deputada do Partido Verde não deve apoiar Fonteles. “O Brasil é um país surreal, a cada eleição temos regras diferentes de acordo com as conveniências dos partidos políticos. A Teresa Britto, que sempre foi uma crítica do PT agora se vê obrigado a apoiar, ou achar que apoia, quem nunca fez e quem muito prometeu. Eu não acredito que ela vá apoiar, mas não sei, a decisão é dela”, concluiu Silvio Mendes

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário