Transporte rural será alvo de discussão na Câmara de Teresina

Audiências pública discutirão ainda problemas do transporte alternativo e transporte eficiente.

14/07/2021 15:28h

Compartilhar no

O plenário da Câmara de Teresina aprovou nesta quarta-feira (14), na última sessão ordinária do primeiro semestre, os requerimentos do vereador Dudu (PT) para a realização de audiências públicas no parlamento municipal para a discussão entorno de problemas enfrentados pelo transporte público rural, transporte alternativo e transporte eficiente.


Leia tambémDeputados piauienses votam a favor de PL que combate supersalários de agentes públicos 


Presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga supostas irregularidades no cumprimento do contrato do transporte coletivo, Dudu explicou que esse debate poderia ocorrer dentro dos trabalhos da comissão, porém, nas audiências públicas as temáticas poderão ser analisadas e debatidas com mais precisão.

Foto: Assis Fernandes / O Dia 

O vereador criticou o transporte público rural e não descartou a possibilidade de investigações da relação do transporte convencional com o transporte rural. “Nunca houve em Teresina uma sistematização, uma licitação do transporte público rural de Teresina. O que vemos no transporte público rural de Teresina são verdadeiras “carroças”, quando tem, carros que para subirem ladeiras, sobem de ré”, declarou. 

Recesso 

A sessão desta quarta-feira (14) também aprovou a Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) para 2022 com um orçamento de R$ 3,8 bilhões e teve início o recesso. O presidente da Câmara, vereador Jeová Alencar (MDB) afirmou que os trabalhos da CPI seguirão acontecendo neste período. 

“Vamos entrar para o recesso com a pauta limpa. Mas recesso apenas das sessões, porque todo o trabalho da Casa continua, inclusive a CPI. Acredito que agora até de forma mais célere para que possa apresentar logo o relatório final”, disse. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário