TRE indefere candidatura de Gessy Lima e anula convenção do PSC no Piauí

Decisão do desembargador José James Gomes Pereira aponta que o partido não publicou edital de convocação da convenção no tempo previsto e impugnou candidaturas.

13/09/2022 07:48h

Compartilhar no

O Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) indeferiu a candidatura de Gessy Lima ao Governo do Estado e anulou a convenção partidária da coligação Piauí Tem Esperança, formada pelo PSC (Partido Social Cristão) e o PODEMOS. A decisão foi proferida na tarde desta segunda-feira (12), último dia que a Justiça Eleitoral teve para analisar os pedidos de candidaturas para o pleito do próximo dia 02 de outubro.

Além de Gessy Lima, a Justiça Eleitoral impugnou também as candidaturas a vice-governador, senador, e primeiro e segundo suplentes de senador.


Gessy Lima teve sua candidatura indeferida pela Justiça Eleitoral do Piauí - Foto: Jailson Soares/O Dia

De acordo com a decisão do desembargador José James Gomes Pereira, os partidos descumpriram o prazo para publicação de edital de convocação para a convenção partidária. “Não há comprovação de que todas as notificações foram recebidas dentro do prazo. Também há matérias jornalísticas que apontam manifestação expressa da presidente do partido no dia 29 de julho de 2022, afirmando que não havia definido data e local da convenção partidária, a sete dias do prazo final para realização da convenção. Apenas em 1º de agosto, começaram a ser veiculadas nas redes sociais”, diz o desembargador na decisão.

De acordo com o estatuto do PSC, a convocação para a convenção partidária deveria ter sido feita com pelo menos oito dias de antecedência de sua realização por meio de publicações em veículos impressos e na sede dos partidos que comporiam a coligação, o que não teria ocorrido. Esse edital de convocação deveria ser assinado por Gessy Lima, que é a presidente do diretório estadual do partido.

O outro lado

A reportagem do Portalodia.com está tentando contato com a assessoria de Gessy Lima e da coligação Piauí Tem Esperança para que possam se manifestar sobre a decisão da Justiça Eleitoral.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário