Wellington Dias diz que pandemia pode cair para endemia após o Carnaval

Segundo o governador, a queda de novos casos, internações e mortes por Covid-19 deve levar o estado para estabilidade

22/02/2022 14:41h - Atualizado em 23/02/2022 19:09h

Compartilhar no

O governador Wellington Dias (PT) disse em entrevista coletiva nesta terça-feira (22) que a Covid-19 no Piauí pode não ser mais encarada com uma pandemia e começará a ser tratada como uma endemia após o período do Carnaval.

Com isso, a doença provocada pelo coronavírus deixará de ser vista como uma emergência de saúde e muitas das restrições — como uso de máscaras e exigência do passaporte vacinal — poderão ser flexibilizadas. Segundo o governador, a queda de novos casos, internações e mortes por Covid-19 deve levar o estado para estabilidade.

Foto: Arquivo/ODIA 

“No Brasil inteiro, classifica esse momento como ‘estabilidade’, ainda em alta, mas em algumas regiões do Norte e Nordeste já possui queda na transmissibilidade com redução de internações e óbitos. Nesse último ciclo no Piauí, chegamos a uma média quinzenal de 12 obitos. Agora, a gente está em seis. Além disso, temos a ampliação do número de vacinados”, declarou.  


Assista:

O DIA TV ouve piauienses sobre a não obrigatoriedade do uso de máscara. 


Ainda de acordo com governador, além da vacinação, a aprovação de medicamentos da Pfazer contra a Covid-19 pela Anvisa pode auxiliar nesse processo de transição da doença.  


“Esse desfecho permite que tenhamos a transição da fase pandemia para fase endemia como já ocorreu em outros países. Com muita responsabilidade e segurança queremos manter regras de restrições ainda para o carnaval, um sacrifício que vale a pena e garante as condições de não ter ambientes para aumentar a transmissibilidade com a chegada de novas variantes, enquanto a gente a avança para esta meta de vacinação”, ressalta.


Dias ressaltou que a perspectiva é que novas medidas sejam anunciadas após o período carnavalesco. “A perspectiva é que já após o carnaval tenhamos medidas para anunciar ao Piauí relacionada a essa transição da fase de pandemia para a fase de endemia. Seguiremos a ciência e ela mesmo reconhece que há uma condição muito grande já partir de março e abril. A gente chama no mundo de uma trégua para o coronavírus poder adotar medidas relacionadas a flexibilização da máscara”.

Sobre o decreto de Carnaval ainda não publicado, o governador comentou que a ideia é manter a restrição de eventos para evitar aglomerações. “A gente mantém a restrição de eventos para evitar a propagação do vírus neste período. O objetivo é não arriscar, não jogar fora o esforço que fizemos até aqui”, finaliza.

As declarações desta terça-feira (22) ocorreram durante a solenidade de lançamento das Comemorações dos 200 anos do Piauí. O evento aconteceu no Palácio de Karnak. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário