João Magalhães

Dr. Pessoa pede autorização da Câmara para fazer empréstimo de R$ 500 milhões

Caso seja aprovado, o contrato deve ser assinado em até 60 dias e deve ser pago em 120 meses.

23/06/2022 17:10h - Atualizado em 23/06/2022 17:20h

Compartilhar no

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa (Republicanos), encaminhou nesta quinta-feira (23) à Câmara Municipal de Teresina, um pedido de autorização para contrair um empréstimo no valor R$ 500 milhões junto ao Banco do Brasil. A mensagem com a solicitação foi entregue pelos secretários de Planejamento, João Henrique Sousa, e de Governo, André Lopes, genro do prefeito.

De acordo com o texto do documento, também divulgado pelo município, quando aprovado pela Câmara Municipal, o contrato deve ser assinado em até 60 dias e o empréstimo de meio bilhão de reais deve ser pago em 120 parcelas, com carência de 12 meses.

O vice-prefeito, Robert Rios, participou da reunião na Prefeitura que tratou sobre o assunto. (Foto: Rômulo Piauilino/Semcom)

Antes da mensagem ser entregue ao presidente da Câmara, Jeová Alencar, o prefeito Dr. Pessoa, acompanhado de demais gestores municipais, assinou um protocolo de intenção junto à instituição financeira que propõe a realização o empréstimo para que os recursos sejam investidos em infraestrutura, saneamento, mobilidade urbana, habitação e outras áreas.

Ao O DIA, o vereador Ismael Silva (PSD) informou que é preciso acompanhar de perto o processo de aquisição dos recursos, para poder garantir que eles sejam efetivamente aplicados em benefício para a população. “É muito dinheiro. Estamos falando em meio bilhão de reais, estou aguardando o conteúdo ser inserido no sistema para poder ficar ciente de todo o processo, porque é preciso garantir que esse dinheiro seja realmente investimento para melhorias”, pontuou o parlamentar.

Parlamentar defende acompanhamento e fiscalização sobre aplicação dos recursos. (Foto: Tarcio Cruz/O DIA)

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas