João Magalhães

Em Teresina, Jeová Alencar e Bárbara do Firmino saem fortalecidos para 2024

Entre todos os candidatos, apenas os dois tiveram resultados expressivos e que podem servir como impulso para uma articulação visando as eleições municipais na Capital.

04/10/2022 15:21h - Atualizado em 04/10/2022 16:57h

Compartilhar no

Passado o calor da apuração do resultado das urnas, já é possível refletir melhor sobre os recados que o eleitor teresinense enviou para quem deseja se inserir no cenário político de 2024, quando haverá disputa pelo Palácio da Cidade. Entre todos os candidatos, apenas o presidente da Câmara, Jeová Alencar e Bárbara do Firmino, ambos eleitos deputados estaduais, tiveram resultados expressivos e que podem servir como impulso para uma articulação visando as eleições municipais na Capital.

Jeová Alencar, com 28.786 votos em Teresina, é o que mais tem a comemorar. Conhecido pela articulação política nos bastidores que o levaram a presidir a Câmara de Teresina por três vezes, ele confirmou que também sabe fazer o jogo eleitoral. Vereador mais votado na Capital nas últimas eleições, Alencar sairá do parlamento municipal para o estadual. Sua campanha teve um grande volume em Teresina, com bastante entusiasmo dos eleitores e Jeová sabe arregimentar apoio de lideranças e vereadores em torno de seu nome. 

O parlamentar tem como grandes desafios o fato de deixar o gabinete de presidente da Câmara e ingressar na Alepi como um deputado estadual de oposição. Além disso, será preciso avaliar como ele vai gerir a relação com um impopular Dr. Pessoa, hoje seu aliado.

Jeová Alencar foi o deputado estadual mais votado em Teresina. (Foto: O DIA)

Já Barbara do Firmino, como o próprio nome indica, é a herdeira política do ex-prefeito de Teresina, Firmino Filho, que governou a Capital por quatro vezes. Com 21.183 votos na cidade, ela cumpriu a missão de ser a candidata mais forte do Progressistas no município e não é difícil imaginar que ela terá um mandato voltado quase integralmente para a cidade. Bárbara deve utilizar a tribuna da Alepi para oficialmente criticar Dr. Pessoa e tentar angariar popularidade. Seu grande desafio vai ser mostrar capacidade de articular apoios em torno de seu nome, sem contar da até então, inexperiência em gestão pública. 

Eleita pelo Progressistas, Bárbara é herdeira política do ex-prefeito Firmino Filho. (Foto: Jailson Soares/O DIA)

No próximo texto, a gente comenta sobre os políticos que estão de olho em 2024 e devem ligar o sinal de alerta por causa do resultado eleitoral de 2022.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas