Após ataque, Kvitova pode usar a mão normalmente

"Mão está debilitada e tem cicatrizes", conta porta-voz da tenista. Bicampeã de Wimbledon terá de se afastar por ao menos seis meses. Ladrão que esfaqueou Kvitova em assalto segue desaparecido

21/03/2017 18:17h

Compartilhar no

 poucos, os ferimentos na mão de Petra Kvitova incomodam menos a tenista. Depois de ser atacada com faca em uma tentativa de assalto à sua casa, em dezembro do ano passado, na cidade de Prostejov, na República Tcheca, a bicampeã de Wimbledon voltou a usar em atividades de seu cotidiano a mão esquerda, esfaqueada por um ladrão. A tcheca foi submetida a uma cirurgia após o incidente no Instituto de Cirurgia da Mão e Cirurgia Plástica em Vysoké nad Jizerou, na região da Boêmia. Ela terá de se afastar do tênis por pelo menos seis meses.

- A mão está debilitada e tem cicatrizes, mas, à primeira vista, não parece lesionada - o porta-voz de Kvitova, Karel Tekjal.

Petra Kvitova com a mão enfaixada. Bicampeã de Wimbledon sofreu ataque com faca em assalto à sua casa (Foto: AP )

Petra Kvitova machucou os tendões, os cinco dedos e dois nervos da mão esquerda e não pode nem tocar em uma raquete por um bom tempo. O assalto, no fim do ano passado, ocorreu durante o dia, quanmdo a atleta tomava café da manhã. Atual número 15 do ranking mundial, a tenista foi surpreendida pelo assaltante e acabou sendo esfaqueada, sofrendo uma grave lesão na mão, porém, não correu risco de vida. Ela só deverá estar recuperada no segundo semestre.

- Neste momento, ninguém pode prever uma data concreta. A recuperação de Petra continua dentro das previsões. Não houve nenhuma complicação, mas o seu retorno ainda está em aberto - explicou Tekjal.

A polícia da República Tcheca ainda não descobriu a identidade do ladrão que invadiu a casa da Kvitova e ele segue em liberdade. De acordo com as autoridades, o invasor já era procurado e estava tentando se esconder. Tocou a campainha da casa da tenista e se passou por um técnico da empresa de energia, com o pretexto de que estava ali para conferir o leitor de eletricidade.

Segundo as autoridades, o invasor já era procurado e estava tentando se esconder. Ele tocou a campainha da casa da tenista e se passou por um técnico de uma empresa de energia, com a justificativa de que estava ali para conferir o leitor de eletricidade.

Em seguida, o ladrão tentou roubar depois a atleta e a ameaçou com uma faca. Kvitova reagiu e teve ferimentos em todos os dedos da mão esquerda. O ladrão fugiu levando cerca de R$ 654 do apartamento. O responsável pelo crime fugiu e ainda não foi encontrado.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Globo Esporte

Deixe seu comentário