Após virar meme ao levar marmita pro Enem, mulher investe no ramo da gastronomia

Katarine Siqueira viralizou na internet após levar uma marmita com arroz e calabresa para o exame.

26/11/2021 09:20h - Atualizado em 26/11/2021 09:38h

Compartilhar no

A microempreendedora Katarine Siqueira virou meme nas redes sociais em 2015, após levar uma marmita com arroz e calabresa no primeiro dia de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)A frase dita pela estudante: "só me acalmo com comida", foi replicada por vários internautas, que se identificaram com a jovem. Hoje, seis anos após viralizar na internet, ela aposta no ramo da gastronomia e diz que viu na comida uma forma de mudar de vida. 


Leia também: Pai se emociona ao levar filha para fazer o Enem: "Foi um ano difícil" 


 

A mulher conta não esperava tanta repercussão e revela que chegou até mesmo a tirar fotos com pessoas que a reconheceram da internet. "Quando eu saí do Enem meu celular travou de tantas mensagens, vários amigos me ligando dizendo que eu tinha virado meme. Foi engraçado. Quando eu abri os sites, Instagram, Facebook, lá estava eu. As pessoas, principalmente alunos, me reconheceram. Até pediram fotos", conta.

Foto: Reprodução/Redes sociais

Na época, Katarine Siqueira afirma que a intenção era prestar vestibular para o curso de nutrição. No entanto, o sonho de trabalhar com comida se aliou também à afinidade com o empreendedorismo e a vontade de abrir o próprio negócio. Para isso, a jovem investiu em cursos no ramo e hoje em dia trabalha vendendo arrumadinhos e sobremesas a pronta entrega.


Foto: Reprodução/Redes sociais

"Quero vender salgados, que inclusive vai entrar no catálogo do ano que vem. Tudo isso foi pensado pra ajudar os nossos clientes. Comer uma comida boa e com um preço justo. Empreender tem sido difícil e mega complicado. Tem dias que eu choro querendo desistir. Mas, isso de certa forma, me faz sair da zona de conforto e pensar maneiras de me organizar melhor", destaca.

Segundo Katarine, comer vai muito além de satisfazer a fome, como disse a própria jovem em 2005, ao explicar porque optou por levar a marmita para o exame. Por isso, para ela, mesmo com as dificuldades, a gastronomia virou uma missão de vida.

"Quando eu disse que eu só me acalmava com comida, eu não estava brincando, sabe? Uma boa comida traz paz, traz acalento. Comida é afeto, é afago. Sempre temos uma comida pra lembrar de um momento especial. Por isso eu investi nisso. Quero levar para as pessoas, através da minha marca, essa leveza para os dias pesados, tensos. E eu encontrei uma forma de ajudar as pessoas através da gastronomia. É isso causou grandes mudanças em mim. É como se essa frase que eu disse em 2015, estivesse ecoando dentro de mim pra eu empreender nisso", finaliza.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário