Banda que usou fogos na Expoapi será responsabilizada, diz Wellington Dias

A banda do cantor Anderson Rodrigues já foi notificada por infringir a lei nº 7.643, que proíbe a soltura de fogos

10/12/2021 09:31h

Compartilhar no

O governador Wellington Dias (PT) usou suas redes sociais para lamentar o ocorrido na 70ª edição da Exposição Agropecuária do Piauí (Expoapi), na noite desta quarta-feira (08) e destacou que a banda que usou fogos de artifícios em sua apresentação será responsabilizada. O chefe do executivo enfatizou que a banda já foi notificada por infringir a lei.

“É muito triste o que aconteceu na Expoapi. Nosso compromisso com a segurança de todos e todas que trabalham, fazem negócios e passeiam pelo evento também se estende ao bem estar dos animais presentes. Pedi providências à equipe de segurança e a banda que utilizou os fogos em seu show já foi notificada e será responsabilizada por ter infringindo a Lei”, disse.

(Foto: Reprodução/rede social)

Durante a queima de fogos de artifício, o que é proibido por lei estadual, sancionada pelo Governo do Estado no dia 30 de novembro de 2021, diversos cavalos se assustaram com o barulho, correram em direção à BR-343 e foram atropelados, alguns com graves ferimentos.


Leia também: Após acidente na Expoapi, vereadora Thanandra solicita suspensão de evento


Dias agradeceu a organização do evento, que tomou imediatamente as providências necessárias para dar assistência às pessoas e animais envolvidos no ocorrido. “Sancionei a Lei nº 7.643 de 26 de novembro, que proíbe fogos de estampidos e de artifícios que possuem efeito sonoro ruidoso no Piauí, justamente para proteger pessoas idosas, crianças e animais. Faço também um apelo: não usem fogos de artifício ruidosos, o trágico ocorrido de ontem só reforça essa importância. Fogos podem colocar vidas em perigo. Vamos nos divertir com alegria, cuidado, respeitando todas as vidas presentes”, acrescenta o governador do Piauí.

Os fogos de artifícios foram soltos durante o show do cantor Anderson Rodrigues, que emitiu uma nota esclarecendo que a banda não tinha conhecimento da lei, nem da proibição do uso de fogos. O artista enfatizou que a lei é recente e que “talvez não houve tempo para ser divulgada amplamente”, acrescentando que “não há culpados nesse fato, acontece de muitas legislações não chegarem a quem interessa”, completou. 

A banda do cantor Anderson Rodrigues já foi notificada (Foto: Reprodução/rede social)

Anderson Rodrigues também colocou na nota que “nenhum artista vai em sã consciência, se tivesse conhecimento da lei, fazer isso intencionalmente. A lei é recente, Também não fomos avisados de qualquer proibição e entendemos não termos sido avisados, afinal a organização presumiu que a existência da lei, era de conhecimento de todos. Eu e minha equipe não tínhamos essa informação, com certeza pelo fato de ser uma lei recente”, destacou. 

A banda se solidarizou com as pessoas e os animais que ficaram feridos e acrescentou que são defensores dos animais, especialmente dos equinos, aos quais não por coincidência temos músicas de trabalho (JET FREE). “Sentimos muito pelos animais e por toda vaqueirama em si, bem como as pessoas envolvidas no incidente. Ratificando aqui a nossa bandeira de proteção aos cavalos e a defesa do esporte vaquejada”, finalizou Anderson Rodrigues.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário