Boa Esperança: Chesf diz que barragem é segura, mas emite alerta para áreas próximas

A Chesf emitiu um alerta para que seja fortemente evitada a ocupação de áreas situadas nas planícies de inundação

29/12/2021 15:05h

Compartilhar no

O aumento do volume do Rio Parnaíba devido às chuvas no Sul do Piauí acendeu um sinal de alerta com relação à capacidade de armazenamento da Barragem de Boa Esperança, no município de Guadalupe. O rio chegou a transbordar e deixou bairros alagados na cidade de Uruçuí.

A Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) emitiu um comunicado oficial onde afirma que a Barragem de Boa Esperança -- apesar do aumento da vazão que saiu 576 m³/s para 1.200m3/s desde a última quarta-feira (28)  -- opera com segurança e dentro dos parâmetros estabelecidos.

Foto: André Schuler / Chesf

“A Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) informa que, mesmo com o alto volume de chuvas registradas nos últimos dias, na Bacia do Rio Parnaíba, o reservatório da Usina Hidrelétrica de Boa Esperança opera em condições seguras, de acordo com o que preconiza a Lei de Segurança de Barragens”, disse a nota. 


Leia tambémProdutores de soja do Piauí acionam Governo Federal após rompimento de estrada 


Por outro lado, a Chesf emitiu um alerta para que seja fortemente evitada a ocupação de áreas situadas nas planícies de inundação. A medida foi adotada devido o monitoramento que a Companhia realizada diariamente na Barragem. 

A Chesf disse que realiza o controle do fluxo d’água para minimizar impactos para a população ribeirinha. A Companhia registrou na quarta-feira que o reservatório atingiu 75% de sua capacidade de armazenamento. Ontem, a vazão foi da barragem foi elevada para 1.000 m3/s. Nesta quinta-feira (29), a vazão foi ampliada mais uma vez para 1.200m3/s.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário