Com 80 mil novos empregos, Piauí apresenta crescimento no primeiro trimestre do ano

Comércio, reparação de veículos automotores e motocicletas e alojamento e alimentação impulsionaram o crescimento

13/05/2022 17:08h - Atualizado em 13/05/2022 17:20h

Compartilhar no

O Piauí apresentou aumento de 80 mil novos postos de trabalho no primeiro trimestre de 2022, apontam dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) do IBGE. Esse número representa crescimento de 6,8% na geração de emprego em comparação com o primeiro trimestre do ano passado. 

Por outro lado, a taxa de desocupação reduziu no mesmo período. Segundo o IBGE, no ano passado, o desemprego atingiu 15,1%. Já o primeiro trimestre deste ano caiu para 12,3% (178 mil pessoas), uma redução de 2,8 pontos percentuais. 

Foto: Divulgação / Abrasel

Os dados do levantamento apontam ainda que o Piauí permanece com menos postos de trabalho que no período que antecedeu a pandemia da Covid-19. Nesse primeiro trimestre de 2022, o estado registrou 1,26 milhão de pessoas ocupadas, quantidade abaixo dos 1,3 milhão de pessoas que estavam ocupadas no quarto trimestre de 2019, antes da pandemia. Ao todo, são menos cerca de 36 mil pessoas ocupadas.

Comércio e recuperação de veículos em alta

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) revelou ainda que entre os setores da economia do Piauí, comércio e reparação de veículos automotores e motocicletas e alojamento e alimentação foram os que mais cresceram na geração de emprego nesse trimestre. 

O comércio e reparação de veículos automotores e motocicletas cresceu 21,1%, com um aumento de 30 mil novas pessoas ocupadas, enquanto o setor de alojamento e alimentação apresentou um crescimento de 37,7%, com um aumento de 21 mil novas pessoas ocupadas. 

Cresce os empregadores

No trimestre, o Piauí apresentou também crescimento de quase 90% no quantitativo de empregadores formais, aqueles com registro no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ). No primeiro trimestre de 2021 haviam cerca de 16 mil empregadores formais no estado, enquanto no primeiro trimestre deste ano esse número atingiu cerca de 29 mil empregadores.

Evolução do número de empregadores com CNPJ no Piauí – 4o. trim. 2019 ao 1o. trim. 2022

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário