Uruçuí recebe comitiva do governo e desvio será feito na PI-247, que se rompeu

Será uma obra provisória para que o trânsito possa fluir durante esse período chuvoso e acabar com o isolamento das cidades.

29/12/2021 08:13h - Atualizado em 29/12/2021 10:08h

Compartilhar no

Uma comitiva do Governo do Estado do Piauí esteve, nesta terça-feira (28), no município de Uruçuí, região Sul do estado, para avaliar e monitorar as áreas alagadas provocadas pelas fortes chuvas que caíram na região. Foi feita também uma vistoria na PI-247, rodovia que liga a cidade a Ribeiro Gonçalves e teve um trecho rompido.

Na oportunidade foi realizada uma reunião com o prefeito do município, Wagner Coelho, para alinhar os trabalhos e propostas para solucionar a situação. Em relação a PI-247, ficou acertada a realização de uma operação emergencial. De acordo com o Consultor de Engenharia do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Severo Eulálio, o trabalho vai consistir num desvio na pista e uma obra de contenção com drenagem na própria estrutura para que a água possa fluir e depois será colocado por cima um revestimento primário. Será uma obra provisória para que o trânsito possa fluir durante esse período chuvoso e acabar com o isolamento das cidades.

“Essa será uma obra provisória para uma situação emergencial. A ideia é que os trabalhos iniciem imediatamente, nossas equipes já estão aqui avaliando a situação. Quando as chuvas passarem, faremos a obra de forma definitiva, até lá, ficaremos monitorando o local”, explicou Severo Eulálio.

Para resolver a situação das casas alagadas, ficou definido um trabalho liderado pela Prefeitura de Uruçuí onde as famílias estão sendo retiradas e instaladas em locais seguros. “Essa situação acomete principalmente com a população que mora nas margens do rio. Estamos trabalhando e auxiliando a Prefeitura que está fazendo o remanejamento das famílias e dando toda a assistência necessária”, destacou o secretário de Estado da Defesa Civil, José Augusto.

Segundo o Secretário da Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Direitos Humanos (Sasc), José Santana, a visita ao município foi uma recomendação do próprio governador Wellington Dias. “Viemos ver de perto a situação e estamos fazendo um levantamento de todas as medidas tomadas para apresentar ao governador. A ordem é que seja feito o possível para resolver os problemas que atingem a região”, concluiu.

A comitiva que visitou Uruçuí foi formada pelo secretário de Defesa Civil, José Augusto; Secretário da Sasc, José Santana; Superintendente de Direitos Humanos, Janaína Mapurunga; Consultor de engenharia do DER, Severo Eulálio; e Coronel Veloso, do Corpo de Bombeiros.

FOTO: Ascom Governo Piauí

Decreto emergencial

Nessa segunda (27), o Governo do Estado decretou situação de emergência nos 12 municípios que compõem o Território de Desenvolvimento Tabuleiros do Alto Parnaíba, na região dos Cerrados, ameaçados pelas cheias dos rios Parnaíba e Uruçuí Preto.

O decreto nº 20.430 contempla as cidades de Antônio Almeida, Baixa Grande do Ribeiro, Bertolínea, Canavieira, Guadalupe, Jerumenha, Landri Sales, Marcos Parente, Porto Alegre do Piauí, Ribeiro Gonçalves, Sebastião Leal e Uruçuí.

O documento, assinado pelo governador Wellington Dias, considera as chuvas intensas e concentradas no Cerrado Piauiense que provocam elevações de rios, riachos, lagoas e córregos, sobretudo com o transbordamento do Rio Parnaíba; a interdição de rodovias por conta da força das águas, como a PI-247, no trecho entre Uruçuí e Ribeiro Gonçalves; e a existência de famílias desabrigadas ou comunidades isoladas.

Com validade de 90 dias, o decreto autoriza ainda a mobilização de todos os órgãos estaduais articulados sob a coordenação da Secretaria de Estado da Defesa Civil, medidas que já estão sendo executadas.

FOTO:  Ascom Governo Piauí

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Com informações Governo Do Piauí

Deixe seu comentário