CPRM: rio Marathaoan está acima da cota de alerta e Longá atinge níveis de atenção

Para serem considerados em estado de inundação, os rios precisam atingir cota acima 420 cm, conforme o boletim.

27/03/2021 08:40h

Compartilhar no

A Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM) divulgou, na manhã deste sábado (27), o Boletim de Monitoramento dos Dados da Bacia do Rio Parnaíba, onde aponta que o rio Marathaoan, em Barras, registrou cota de 373 cm e, portanto, está acima da cota de alerta para inundação. Segundo dados, a tendência é que o nível se estabilize nas próximas oito horas e atinja 372 cm. Já o rio Longá, em Esperantina, atingiu a cota de alerta. A cota atual é de 5,67 m (27 cm acima da cota de atenção). A previsão das próximas oito horas é que o nível fique em torno de 5,80 m.

Foto: Reprodução/CPRM


Foto: Reprodução/CPRM

Para serem considerados em estado de inundação, os rios precisam atingir cota acima 420 cm, conforme o boletim.

Outras cidades

Em Luzilândia, o nível do Parnaíba está em situação de normalidade e a cota registrada hoje às 6h30 foi de 3,01 m. A previsão é que o nível se mantenha em situação de normalidade chegando a 3,04 m nas próximas 12 h.

 O rio Parnaíba nas cidades de Floriano e Barão de Grajaú, Maranhão, Teresina e Timon, também no Maranhão, apresentam os níveis abaixo da cota de atenção, portanto dentro da normalidade.

O rio Poti, em Teresina, está com uma cota atual de 4,24 m e previsão de estabilizar o  nível devendo, dessa forma, nas próximas 10h, chegar a cota de 4,21 m. O rio Parnaíba, também na capital piauiense, está com cota de 3,47 m e deve sofrer pequena alteração nas próximas oito horas chegando a 3,40 m.

A Chesf continua liberando uma vazão de 600 m³/s desde o dia (22), conforme Carta Circular Chesf/SOO 009/2021. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário