Crianças desenvolvem projetos para feira de robótica

Com as aulas realizadas em sala e no laboratório, elas desenvolveram protótipos, como carrinhos e robôs.

28/06/2019 07:50h

Compartilhar no

Aprender sobre um tema novo é, sem dúvida, bastante empolgante. E é assim que as crianças do Centro Educacional José Alves de Sousa Neto, atendida pelo Sesc Piauí, estão ao verem seus projetos apresentados na I Feira de Robótica Educativa, que aconteceu nos dias 26 e 27 deste mês. 

Cerca de 400 crianças, com idade de 03 a 10 anos, mostraram que, apesar de pequenas, entendem muito de robótica e componentes eletrônicos. Com as aulas realizadas em sala e no laboratório, elas desenvolveram protótipos, como carrinhos e robôs. 

A estudante Maria Beatriz Soares Pereira (10) conta que o professor deu todos os direcionamentos em sala de aula e auxiliou na realização dos projetos. Para ela, a robótica tem muita importância e deveria ser aprendida por todos. “Estamos apresentando na feira o Proto Bolt, que transmite a energia para o LED e faz a luz acender. Em sala de aula também aprendemos sobre os componentes eletrônicos e nosso projeto foi desenvolvendo até chegar aqui, com tudo finalizado. A robótica está presente no nosso dia a dia, em tudo, então é importante sabermos e conhecermos mais sobre isso”, destaca. 


Projeto envolve crianças de 3 a 10 anos  que desenvolvem em sala de aula projetos como carrinhos e robôs - Foto: Assis Fernandes/O Dia

Vicente de Paula Oliveira Sousa Neto (10) pontua que a robótica é muito interessante, principalmente para as crianças, pois ajuda a incentivar a aprender temas novos. O menino cita que os alunos aprenderam a desenvolver um carro inteligente, com sensor que reconhece o obstáculo, evitando assim um possível impacto. 

“A robótica incentiva muito as pessoas e eu quero ser criador de robô quando eu crescer. Eu nunca tive contato com a robótica, essa é minha primeira vez e eu pretendo continuar estudando sobre isso”, fala. 

O professor de robótica do Sesc, Marcos Patrício Vieira, ressalta a satisfação de ver as crianças aprendendo e desenvolvendo seus projetos, mas pontua que é um desafio. Para ensinar as crianças são necessárias técnicas que atraiam sua atenção e que deixem o conteúdo interessante, dinâmico e de fácil compreensão. 

“Para trabalha com crianças precisamos nos valer da ludicidade. É trabalhando com o brincar e com o lúdico que vamos apresentando e colocando os conteúdos no ensino de robótica para eles. Usamos de brincadeiras de damas e xadrez para apresentar a Lógica, a Matemática, também levamos ao laboratório para fazermos experiências de Física e Química, isso tudo com vídeos e filmes, explicando também sobre Astronomia, pois tudo isso também envolve a robótica”, comenta o professor. 

Segundo o professor, é muito gratificante ver os projetos sendo desenvolvidos. Para as próximas feiras, a expectativa é de que os protótipos que sejam criados sejam mais complexos, de forma a aprofundar ainda mais o conteúdo que os alunos aprendem.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Por: Isabela Lopes - Jornal O Dia

Deixe seu comentário