Em Piracuruca, Ministério Público pede lista de vacinados contra Covid-19

O promotor enfatizou que o município deve divulgar no site oficial e nas redes sociais informações e o cronograma de vacinação

05/05/2021 16:40h

Compartilhar no

Uma recomendação do Ministério Público do Piauí, através da 1ª Promotoria de Justiça de Piracuruca, quer que a Secretara Municipal de Saúde da cidade seja mais transparente nas informações e na publicidade referente a vacinação contra a Covid-19, bem como nos gastos com a pandemia do novo coronavírus


Leia também: Com 5.235 mortes, covid-19 já teria dizimado 84 cidades piauienses 


O promotor de Justiça Cleandro Alves de Moura enfatizou que o município deve divulgar no site oficial e nas redes sociais informações e o cronograma de vacinação com suas fases e públicos-alvo, locais, data e horários de funcionamento das salas de vacinação. Ao final do dia, devem ser informados a quantidade de vacinas aplicadas e os frascos abertos. 

Foto: Reprodução / Internet 

Dentre as recomendações, está ainda a de que o município deverá realizar uma divulgação diária, até às 22h, sempre que novas vacinas forem recebidas da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi). Deverão ser publicados no site oficinal do município a quantidade destinada ou a ser destinada a cada unidade descentralizada que realizará a vacinação, além da relação das pessoas vacinadas no dia respectivo, indicando: nome, CPF, local onde foi feita a imunização, não devendo ser publicado qualquer dado sensível relativo a idade/comorbidades.

Ao final, o promotor quer que que seja encaminhado ao Ministério Público uma lista com o nome das pessoas que já receberam as doses, contendo as informações sobre os critérios de prioridade e risco, bem como a data em que foram vacinadas.

A Secretaria Municipal de Saúde de Piracuruca tem o prazo de cinco dias para formular uma resposta acerca do acatamento das medidas. Procurada pela reportagem, a reportagem ainda se manifestou até o fechamento desta matéria. O Portal O Dia segue com espeço aberto para os esclarecimentos. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Com informações do MPPI

Deixe seu comentário