Governo do Piauí decreta tombamento do prédio do antigo Sanatório Meduna

A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado na última sexta-feira (05).

07/11/2021 12:44h

Compartilhar no

O governador doPiauí, Wellington Dias, decretou, na última sexta-feira (05), o tombamento do prédio do antigo Sanatório Meduna e área do seu entorno. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado.


Leia também: Meduna: manifestantes pedem que local seja espaço de preservação da memória 



Foto: Assis Fernandes/O Dia

O tombamento do Sanatório Meduna foi proposto pela Coordenação de Registro e Conservação da Secretaria de Estado de Cultura (Secult) e aprovado, por unanimidade, pelo Conselho Estadual de Cultura, em junho deste ano.

O imóvel, de propriedade do Grupo Sá Cavalcante e localizado na Rua Agripino Maranhão, foi fundado em 21 de abril de 1954 pelo médico Clidenor de Freitas Santos, um dos pioneiros da psiquiatria piauiense. O hospital foi desativado em 2010.

Segundo o decreto, com o tombamento, o imóvel passa a integrar o Patrimônio Histórico, Artístico e Paisagístico do Estado do Piauí. A propriedade tombada possui uma área construída de 1.230,87 m² e uma área de proteção de 8.598,51 m².

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário