IMEPI constata irregularidades em postos de combustíveis e empresas de gás no Piauí

O balanço das ações foi divulgado nesta sexta-feira (13)

13/05/2022 14:18h - Atualizado em 13/05/2022 14:51h

Compartilhar no

O Instituto de Metrologia do Estado do Piauí (IMEPI) constatou, entre os dias 09 e 12 de maio, irregularidades empostos de combustíveis, empresas de revenda de gás de cozinha e empresas com extintor de incêndio durante uma fiscalização em cidades do interior do Estado. O balanço das ações foi divulgado nesta sexta-feira (13).


Segundo o levantamento, dos 43 postos fiscalizados – 19 foram reprovados. Entre os principais problemas encontrados estão vazamento interno, mangueiras sem manutenção, lacre violado, medida de volume com vazamento, divergência entre o volume entregue e o preço a pagar e sistema de desligamento automático superior a 60s.

Ainda de acordo com o levantamento, 31 empresas com extintor de incêndio foram fiscalizadas. Destas, três foram reprovadas por usarem extintores sem pressão. 

Em relação as empresas de revenda de gás de cozinha, duas foram reprovadas de 25 fiscalizadas. Nelas, a irregularidade encontrada foi o peso do botijão que estava abaixo da tolerância de 350 gramas.

O INMEPI informou que, ao todo, a fiscalização ocorreu em 15 cidades do Piauí, de Água Branca a Floriano. As empresas não tiveram os nomes revelados. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário