Justiça Itinerante no Piauí vai abrir 300 vagas para o projeto Casamento Comunitário

As celebrações serão realizadas três vezes com 100 casais cada para evitar aglomerações

29/03/2022 14:14h

Compartilhar no

O Poder Judiciário do Estado do Piauí vai abrir, a partir do dia 04 de abril, 300 inscrições para Casamento Comunitário a serem feitos nos meses de maio e junho deste ano, em Teresina. O objetivo do projeto Justiça Itinerante é de legalizar casais com baixa renda que vivem ou não maritalmente. As celebrações serão realizadas três vezes com 100 casais cada para evitar aglomerações. 

Foto: Reprodução/Pixabay

De acordo com a superintendente da Justiça Itinerante, Vanessa Brandão, a primeira celebração deve acontecer no mês de maio e as outras duas ainda no mês de junho. 

“O projeto Casamento Comunitário visa motivar a instituição do casamento como base familiar, proporcionar aos noivos acesso gratuito quantos às custas de taxas cartorárias necessárias para formalização, além disso, nos preocupamos também de executar uma festa linda e preparada para receber a comunidade nos pequenos detalhes como buquês e decoração do local da cerimônia”, disse Vanessa Brandão. 

Quais os documentos necessários para inscrição?

Solteiro(a): certidão de nascimento atualizada, documentos pessoais e duas testemunhas;

Divorciado(a): certidão de casamento com divórcio averbado, documentos pessoais e duas testemunhas;

Viúvo(a): certidão de casamento atualizada , certidão de cônjuge falecido, inventário positivo e/ou negativo, documentos pessoais e duas testemunhas. 

O casamento deverá acontecer após as inscrições em data determinada no dia do agendamento. As certidões dos noivos devem ter no máximo 90 dias de atualizada. 

Os contatos da Justiça Itinerante é WhatssApp (86) 9 8837-4739 com a documentação completa e realize sua inscrição. As vagas são limitadas. 

Sobre o projeto

O programa Justiça Itinerante leva cidadania e inclusão social à população hipossuficiente do interior e da Capital por meio da descentralização de serviços extrajudiciais e outros oferecidos pelos diversos parceiros do programa.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Com informações do Poder Judiciário do Estado do Piauí

Deixe seu comentário