Lixo irregular: em um mês, Teresina gastou R$ 80 mil para recolher 8 mil toneladas

A multa para o cidadão que depositar o lixo em locais inadequados, pode chegar até R$4 mil.

25/02/2021 11:34h - Atualizado em 25/02/2021 13:27h

Compartilhar no

O lixo que é jogado irregularmente nas ruas de Teresina entope o sistema de drenagem e aumenta o risco de contaminação e de doenças no período das chuvas. Por isso, é preciso ter mais cuidado com os resíduos. De acordo com Edmilson Ferreira dos Santos, Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh), a multa para o cidadão que depositar o lixo em locais inadequados pode chegar até R$ 4  mil. 


Secretário Edmilson Ferreira. Foto: Assis Fernandes/ODIA

O secretário afirma ainda que só no mês de janeiro foi recolhido 8 mil toneladas de lixo nas ruas de Teresina, colocados irregularmente nas vias públicas, o que gerou um custo de R$80 mil para prefeitura. O valor, segundo Edmilson Ferreira, poderia ser investidos em benefícios para sociedade. "Por isso, nós precisamos trabalhar de forma educativa, não adianta só multar", diz o gestor.


Lixo acumulado no viaduto do bairro Mafuá. Assis Fernandes/ODIA

Como fazer a coleta de lixo?

A Prefeitura de Teresina faz um alerta para que a população não jogue lixo em local proibido, como calçadas e praças, além de discutir a necessidade de separação dos materiais recicláveis.

“É muito simples participar da coleta seletiva. Primeiro, reserve os resíduos recicláveis: papel, plástico, vidros e metais. Se o material pesar até 50 quilos, você deposita em um dos 21 Postos de Entrega Voluntária (PEVs) espalhados pela cidade, que pode ser no mais perto da sua casa. Se a quantidade for superior a 50 quilos, a Semduh disponibiliza uma coleta diferenciada, basta fazer o cadastro e agendamento com antecedência”, explica o secretário da Semduh, Edmilson Ferreira.

Para solicitar a coleta seletiva acima de 50 quilos basta ligar para o número 3221-7050, ramal 218, ou para o Disk Coleta Seletiva: 9.8104-6786 (zonas sul e sudeste) e 9.8130-7739 (zonas leste e norte).


Lixo descartado no prédio onde funcionou o Complexo das Delegacias Especializadas, no Centro de Teresina. Foto: Assis Fernandes/ODIA

O sistema de coleta seletiva também é executado em condomínios, empresas, instituições, repartições públicas, bares, hotéis e outros estabelecimentos comerciais. Atualmente são coletadas 2,85 toneladas de resíduos recicláveis por dia – número que vem crescendo ano a ano em virtude das campanhas de educação ambiental.


 Veja abaixo onde estão localizados os PEVs:

01 -  Hiper Carvalho BR - 343, Bairro Beira Rio

02 – Praça da Avenida Nossa Senhora de Fátima, ao lado da igreja - Bairro Fátima

03 - Av. Dom Severino com Rua Jaime da Silveira - Bairro Morada do Sol

04 - Praça da Telemar - Bairro Mocambinho

05 - Praça da Vermelha, ao lado da Igreja N. S. de Lourdes - Bairro Vermelha

06 - Praça da Igreja Católica do Bela Vista - Bairro Bela Vista

07 - Parque Encontro dos Rios - Bairro Olaria

08 - Av. Marechal Castelo Branco - Bairro Ilhotas

09 - Av. Barão de Gurguéia - Carvalho Supermercado - Bairro Tabuleta

10 - Praça das Violetas, Avenida Dom Severino com Av. Homero Castelo Branco - Bairro Ininga

11 - Praça Edgar Nogueira, em frente ao TRE - Bairro Cabral

12 - Av. Boa Esperança - Pq. Lagoas do Norte - São Joaquim

13 - Av. Raul Lopes, próximo ao estacionamento da Ponte Estaiada - Bairro Fátima

14 - Praça Honorato Julião, Bairro Nossa Senhora Das Graças

15 - Praça da Igreja Católica do Saci - Bairro Saci

16 - I Praça Cultural do Dirceu I, bairro Dirceu I, próximo a Associação de tecelagem

17 - Praça Nossa Senhora da Imaculada Conceição, bairro Morada Nova, em frente a Igreja Nossa Senhora da Imaculada Conceição

18 - Praça do Marquês, Rua Des. Pires de Castro, bairro Marquês, em frente ao clube do Marquês.

19 - Praça da Igreja São João XXIII e São João Batista, Rua Salomão Said, bairro São João, próximo ao Eldorado Club.

20 - UFPI Estacionamento da Biblioteca, Campus Petrônio

21 - Praça do Vale do Gavião.



É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Com informações da Lalesca Setúbal, da O DIA TV

Deixe seu comentário