COVID-19: Médico de 75 anos é o primeiro piauiense vacinado

A vacinação teve início na tarde desta segunda-feira (18)

18/01/2021 17:16h - Atualizado em 18/01/2021 18:30h

Compartilhar no

O Piauí deu início, nesta segunda-feira (18) a campanha de imunização contra o novo coronavírus (Covid-19). A cerimônia simbólica foi realizada no pátio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) e contou com a presença de diversas autoridades, como o governador Wellington Dias (PT), e o prefeito de Teresina, Dr. Pessoa (MDB).


Leia tambémVacinação no Piauí deve respeitar prioridade, recomenda MPPI 

1º lote da vacina contra a Covid-19 chega ao Piauí; vacinação começa hoje 


O médico Joaquim Vaz parente, de 75 anos, foi o primeiro piauiense a receber a dose da CoronaVac. Ele atua há 45 anos na da Maternidade Dona Evangelina Rosa e realizou um dos primeiros partos da unidade. Ao todo, já realizou em torno de 20 mil partos em toda trajetória. 

Médico Joaquim Vaz Parente recebeu a primeira dose (Foto: Jailson Soares / O Dia)

Emocionado, o médico ressaltou que essa é a primeira barreira a ser erguida contra a doença no Piauí. “Depois de uma estrada sinuosa, de momento de escuridão com uma certa atenuação, mas sem conseguir enxergar alguma luz. Esse momento pode ser coroado com o aparecimento dessa luz no fim do túnel. Para nós, pode representar o primeiro processo de estagnação, a primeira barreira a ser erguida contra essa pandemia”, disse.  

Ao todo,  seis piauienses receberem a vacina. Foram profissionais de saúde que atuam na linha de frente no enfrentamento da pandemia em hospitais públicos da capital que integram a rede estadual e municipal de saúde como prevê as fases do cronograma de vacinação da população divulgado pelo Governo do Estado na semana passada.

O governador Wellington Dias agradeceu a participação dos profissionais de saúde na solenidade e lembrou que a vacinação é um ato de respeito as outras pessoas. “O gesto de vocês é mais que simbólico, é um gesto real, concreto. No Piauí, nós vamos nos vacinar em cada município desse estado porque sabemos que o ato de vacinar é um ato de respeito ao outro. Com o ato da nossa vacina, protegemos o outro”.


Foto: Jasilson Soares / O Dia

Wellington Dias revelou que após a chegada no Aeroporto de Teresina, as doses foram transportadas para as regionais de saúde do interior do estado para o início da campanha. “É em homenagem as pessoas que partiram por causa do coronavírus que a partir de hoje, de Norte a Sul do Piauí, é todo mundo se vacinando”, afirmou. 

O secretário de Saúde do Piauí, Florentino Neto, destacou a liderança que o governador Wellington Dias assumiu a nível nacional para garantir que a vacina chegasse aos estados. “Tivemos um líder que se colocou em nível nacional defendendo que o povo brasileiro pudesse ser imunizado. Esse líder está entre nós, é o nosso governador. Seremos vencedores porque a Sesapi será uma aglutinação de forças entre as secretarias municipais de Saúde e o governo do estado”, afirmou. 

Foto: Jailson Soares / O Dia

Neste primeiro momento, o estado recebeu pouco mais de 61 mil doses da vacina CoronaVac, desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac. A maior parte dos imunizantes, cerca de 28 mil, serão destinados aos trabalhadores da saúde, e o restante para pessoas com deficiência institucionalizadas; com mais de 60 anos institucionalizadas; indígenas vivendo em terras demarcadas. 


Confira os profissionais vacinados 

Joaquim Vaz Parente -  de 75 anos, que atua há 45 anos na da Maternidade Dona Evangelina Rosa, já realizou em torno de 20 mil partos em toda sua vida profissional, e fez o terceiro parto da história da MDER; a enfermeira 

Sheyla Barbosa dos Santos - de 33 anos, que atua na UTI Covid-19 do Hospital Natan Portella, e foi responsável por receber o primeiro paciente com o vírus na unidade de saúde; 

Marta Regina de Sousa Madeira - Técnica de enfermagem , de 42 anos, funcionária do Hospital Getúlio Vargas também receberá a dose de CoronaVac; 

Modestina Bezerra da Silva - Enfermeira da UTI Covid-19, do Hospital Infantil Lucídio Portella, , de 60 anos, é outra que está entre os profissionais que serão vacinados nesta tarde, ela é técnica de enfermagem e atua há 35 anos na unidade saúde e do Hospital da Polícia Militar será a enfermeira, da ala Covid-19, 

Ana Maria Brito dos Santos - de 52 anos, ela atua há 26 anos na profissão. 

Amariles de Sousa Borba – Infectologista da Fundação Municipal de Teresina (FMS) reconhecida pela defesa de campanhas de vacinação. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Por: Breno Cavalcante e Otávio Neto

Deixe seu comentário