Melhorar a produtividade do TJPI é a meta para 2021, afirma Oliveira

O discurso ocorreu nesta segunda-feira (1º), data da abertura do Ano Judiciário

01/02/2021 17:10h - Atualizado em 01/02/2021 17:26h

Compartilhar no

A abertura do Ano Judiciário 2021 no Piauí ocorreu em sessão virtual realizada nesta segunda-feira (1º) e comandada pelo presidente do Tribunal de Justiça do Piauí (TJPI), Desembargador Oliveira. Melhorar a produtividade do judiciário piauiense é uma das metas apontadas pela presidência da corte.


Leia também'Tivemos de suportar a falta de organização do Governo Federal', diz W. Dias 


Desembargador Oliveira destacou que para melhorar os índices do TJPI no prêmio do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) serão necessários encontros para traçar estratégias, ampliar o teletrabalho e atuação de forma integrada entre servidores, juízes e os demais membros do judiciário. 

“Iniciamos este biênio com o compromisso de aprimorar o sistema de teletrabalho, que se mostrou bem eficaz neste período de pandemia; Vamos otimizar a gestão de contratos; trabalhar a Agenda 2030 do CNJ, sobretudo, com uma atenção aos Direitos Humanos. No campo da estratégia vamos impulsionar o Tribunal para que nossos resultados sejam os melhores possíveis no prêmio CNJ de qualidade e para isso, vamos realizar encontros regionais de estratégia, para que todos possam atuar de forma integrada”, afirmou. 

Desembargador Oliveira (Foto: Divulgação / TJPI)

O presidente comentou que a justiça criminal irá atuar fortemente para a resolução de casos e no combate da violência contra a mulher. O Desembargador Oliveira revelou que o TJPI vai ampliar o julgamento virtual de processos de segunda instância. 

“Vamos trabalhar na gestão de dados e organizar o laboratório de inovação, ações importantes para tornarmos o Tribunal 100% digital. Para melhorar a produtividade, vamos aprimorar os julgamentos virtuais no segundo grau. Além disso, vamos fomentar as políticas de solução consensual de conflitos, reforçar a atuação na justiça criminal e nas ações de combate à violência doméstica e familiar contra a mulher”, garantiu. 

Na solenidade que contou com a presença do governador Wellington Dias; da Procuradora Geral de Justiça, Carmelina Moura; e do presidente da OAB-PI, Celso Barros, o presidente da corte prestou condolências aos familiares das vítimas da Covid-19 no Piauí.

Foto: Divulgação / TJPI

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário