INMET emite alerta de chuvas intensas no Piauí; semana deve ser chuvosa no sul do estado

Especialistas apontam que a semana deve ser chuvosa principalmente na região sul do Piauí, um alívio em meio a estação mais seca do ano

07/11/2021 15:12h - Atualizado em 07/11/2021 15:56h

Compartilhar no

O Instituto Nacional de Meteorologia emitiu neste domingo (07) um alerta de chuvas intensas para todo o estado do Piauí, o aviso é valido até as 11h da manhã de segunda-feira. De acordo com o órgão a região central e norte do estado está sob alerta amarelo, ou seja, “perigo potencial” de chuvas intensas. Já do município de Floriano, no médio Parnaíba, para baixo, até o extremo sul do Estado, o alerta é laranja, o que determina que toda a região está sob “perigo de chuvas intensas”. Especialistas apontam que a semana deve ser chuvosa principalmente na região sul do Piauí, um alívio em meio a estação mais seca do ano. Veja a lista completa de municípios com maiores riscos.

De acordo com o alerta emitido pelo Inmet, o Piauí pode registrar ventos que chegam a 100 km/h, podendo chover, em algumas cidades, até 100 milímetros em 24 horas. O Professor de Climatologia da Uespi, Werton Costa, explica o fenômeno que leva a chuvas intensas no sul do estado e confirma que a tendência é de uma semana chuvosa.

“Neste momento estamos com a vigência de alertas chuvosos no Piauí. A faixa do Matopiba, no sul do Piauí, é a principal beneficiária da possibilidade de chuvas intensas, do padrão laranja. É importante frisar que o que está provocando chuva no sul do estado é a entrada de uma umidade que vem do Atlântico sul, um sistema chamado de zona de convergência do Atlântico Sul - ZCAS, que conecta o Atlântico até a faixa Amazônica e provoca temporais episódicos. Esses temporais devem perdurar na faixa de três a seis dias com intensidades variadas e implicam um certo grau de risco porque tem rajadas de vento, descargas elétricas” explicou o mestre em geografia.

Ao todo cerca de 90 cidades do Piauí estão na faixa de alerta laranja, o INMET orienta que a população evite se abrigar debaixo de árvores, pois há risco de queda e descargas elétricas. O órgão também recomenda que em caso de fortes tempestades, se possível, desligue aparelhos elétricos e quadro geral de energia.

Werton explica que o alerta é comum para o mês de novembro e esclarece que na capital e cidades do norte do estado a situação é mais tranquila.

“O período pré-estacional que compreende de novembro a dezembro ele é marcado pela emissão ou divulgação de vários alertas ou avisos meteorológicos, principalmente os chamados alertas de chuva intensa, no padrão amarelo, que é o estado de atenção, que sinaliza apenas a confirmação da previsão meteorológica, e o padrão laranja que significa perigo real. Nesse momento sobre o estado do Piauí nós estamos na vigência de dois padrões de alerta, a faixa norte e centro-norte com o padrão amarelo, implicando pouca possibilidade de chuvas localizadas, do litoral até o médio Parnaíba. O padrão laranja se firma do médio Parnaíba até o extremo sul, abrangendo toda a faixa cerradeira de municípios limítrofes ao maranhão, até a faixa sertaneja de municípios limítrofes da Bahia e de parte do Tocantins” concluiu o professor.


Foto: Jailson Soares/ODIA

Chuva no sertão

A chegada de chuvas na região sul do Piauí é um bálsamo em meio as dificuldades enfrentadas no período da seca. Cidades como Dom Inocêncio, por exemplo, que foi reconhecida em situação de emergência pela ausência de chuvas,  no final de outubro. De acordo com o INMET, na tarde deste domingo e manhã de segunda a previsão é de céu nublado com pancadas de chuva e trovoadas isoladas em toda a região do extremo sul do Piauí.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário