Operação Independência registra três mortes nas BRs no Piauí

Os dados da operação mostram ainda que foram contabilizados 18 acidentes, sendo 09 de natureza grave

08/09/2021 14:44h - Atualizado em 08/09/2021 14:58h

Compartilhar no

O balanço da Operação Independência divulgado na tarde desta quarta-feira (8) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) apontou que três pessoas morreram nas rodovias federais que cortam o Piauí nesses cinco dias de intensificação do trabalho de fiscalização. Os acidentes com vítimas fatais ocorreram em Colônia do Gurguéia (BR 135), Esperantina (BR 222) e Picos (BR 316). 


Leia tambémPMT apresenta proposta para solucionar crise dos ônibus; SETUT tem 48h para responder 


Os dados da operação mostram ainda que foram contabilizados 18 acidentes, sendo 09 de natureza grave. A BR 343 foi a rodovia que registrou o maior número dos casos (09 acidentes). Logo em seguida aparece a BR 316 (05 acidentes), a BR 135 (02 acidentes), e as BRs 230, 222 e 402 (01 acidente).

Foto: Divulgação / PRF

Segundo a PRF, as causas dos acidentes foram: Ingestão de álcool pelo condutor, manobra de mudança de faixa e acessar a via sem observar a presença de outros veículos, porém alguns acidentes foram causados por ausência de reação do condutor, deixar de manter distância segura do veículo da frente e condutor dormindo.

O levantamento apontou aumento, em comparação com o mesmo período do ano passado, do fluxo de veículos com destino aos litoral do Piauí pela BR 343. A PRF declarou que a movimentação ficou abaixo do esperado, e que  os deslocamentos ocorreram de forma tranquila. 

A Operação Independência contabilizou ainda 30 pessoas presas nas BRs pelos crimes de trânsito, dirigir sob o efeito de álcool e uso de documento falso. No mesmo período, foram recuperados três veículos com registro de roubo/furto se 03. Foram lavrados 270 autos de infração entre 3 e 7 de setembro. 

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário