Parnaíba, Pedro II e mais sete cidades ficam sem água nesta terça-feira; veja lista

Em Parnaíba e Uruçuí, a falta d'água atinge apenas alguns bairros.

06/12/2022 11:39h - Atualizado em 06/12/2022 15:34h

Compartilhar no

Atualização às 15h30

Por meio de nota, a Equatorial Piauí, responsável pelo fornecimento de energia elétrica no Estado, esclareceu que, em Uruçuí, o fornecimento de energia foi restabelecido às 12h20. "Durante a manhã desta terça-feira, dia 6, a empresa foi acionada por ocorrência na cidade de Uruçuí que afetou um dos poços de abastecimento da Agespisa. As equipes logo iniciaram o trabalho, onde identificaram um curto circuito no ramal do cliente", informa a nota.


Matéria original

Nove municípios piauienses devem ter o abastecimento de água interrompido nesta terça-feira (06). Segundo a Agespisa, as cidades de União, Pedro II, Uruçuí, Várzea Branca, São Lourenço, Coronel José Dias, Guaribas, Dirceu Arcoverde e Parnaíba estão sem água durante o dia. Em Parnaíba e Uruçuí, a falta d'água atinge apenas alguns bairros. 

Na cidade de União, o abastecimento foi interrompido devido a correção de dois vazamentos na rede geral. A previsão é de que a água retorne gradualmente após a conclusão do serviço e o abastecimento seja normalizado a partir das 13h. 

Foto: Reprodução/Pixabay

Na cidade de Pedro II, a falta d'água deve afetar a região da Vila Kolping devido a um serviço que está sendo realizado para correção de vazamento na adutora. A água deve retornar gradualmente após conclusão do serviço a partir das 12h.

Em Uruçuí, a falta d'água foi causada por problemas no quadro de comando e falta de energia elétrica em dois poços. No município, os bairros atingidos são: Centro, Esperança, Areia, Malvinas, Água Branca, e Canaã. A Agespisa informou que está tomando as providências para para reparar os problemas no quadro de comando e acionou a Equatorial para restabelecer a energia no outro poço.

Nos municípios de Várzea Branca, São Lourenço e Coronel José Dias, o abastecimento de água foi interrompido por conta da falta de energia elétrica no sistema adutor do Garrincho e vazamento em adutoras. Sobre o assunto, a Equatorial Piauí esclareceu por meio de nota que a ocorrência que afetou o abastecimento de água nessas regiões foi provocada por um defeito interno na instalação da Agespisa. "A distribuidora informa ainda que presta todo o apoio para restabelecer o funcionamento da estrutura e reforçou ainda a necessidade de manutenção na área, que já havia sido alertada a necessidade da ação interna há mais de 20 dias", diz a nota. 

Em Guaribas, um vazamento na adutora e queima da bomba de da estação elevatória de água foram os causadores da falta d'água. Não há previsão para retorno do abastecimento.

Na cidade de Dirceu Arcoverde, a água deverá retornar gradualmente após a correção no vazamento de uma adutora. 

Em Parnaíba, a falta d'agua foi provocada pela manutenção da Estação de Tratamento de Água. Os bairros atingidos são: Lagoa da Prata, Igaraçu, Joaz Sousa e Rosa dos Ventos. A previsão é de que o serviço seja normalizado a partir das 14h, com retorno gradual.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no