Piauí prorroga medidas contra Covid-19 até 15 de janeiro

Wellington Dias revelou ainda que as vacinas da Pfizer para a imunização de crianças de 5 a 11 anos devem chegar ao Piauí na primeira quinzena de janeiro

27/12/2021 14:45h - Atualizado em 27/12/2021 14:55h

Compartilhar no

As medidas de contenção à Covid-19 no Piauí estão prorrogadas até o dia 15 de janeiro, anunciou o governador Wellington Dias após reunião com o Comitê de Operações Emergenciais (COE) nesta segunda-feira (27). A determinação será oficializada através de novo decreto estadual.


Leia tambémPiauí não vai exigir prescrição médica para vacinar crianças contra Covid-19 


O chefe do Executivo piauiense explicou que a decisão acompanha o entendimento do Comitê Científico do Nordeste, que leva em consideração o avanço da variante Ômicron no país. Com a decisão, segue mantida a obrigatoriedade do uso de máscara e a proibição de festa de Réveillon e Carnaval.

Foto: Assis Fernandes / O Dia

“Vamos seguir com o regramento e com a decisão de não termos festas de fim de ano públicas e mantendo o regramento de distanciamento nos eventos permitidos, estendendo essas regras até 15 de janeiro. O objetivo é evitar a propagação da variante Ômicron e continuar a reduzir hospitalização e óbitos”, afirmou o governador.

O novo decreto permite a realização de eventos com público de até 50% da capacidade em espaços abertos e fica mantida, também, a quantidade de 500 pessoas em locais semiabertos e até 200 pessoas em locais fechados, desde que sejam obedecidos os protocolos e medidas sanitárias, devendo ser exigido dos participantes imunização por vacina ou teste negativo.

Vacinação de crianças

Wellington Dias revelou ainda que as vacinas da Pfizer para a imunização de crianças de 5 a 11 anos devem chegar ao Piauí na primeira quinzena de janeiro. 

“Trabalhamos pela garantia que pudéssemos ter, por parte da Anvisa, um posicionamento sobre a vacinação de crianças de 5 a 11 anos e a atualização é que o Ministério da Saúde fez um entendimento com a Pfizer, vacina aprovada para a vacinação das crianças, e há uma previsão de entrega já na semana do dia 10 de janeiro, quando teremos condições de iniciar a vacinação desse público”, ressaltou o gestor estadual.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário