Piauí quer realizar 17 mil cirurgias até o final do ano

Ao todo, 19 hospitais de Teresina e do interior estão sendo preparados com equipamento e profissionais

29/06/2022 15:27h

Compartilhar no

Um total de 17 mil cirurgias deverão ser realizadas na rede pública de saúde do Piauí até o final do ano. A estimativa foi apresentada nesta quarta-feira (29/06) durante o lançamento do Mutirão de Cirurgias Eletivas 2022 do Governo do Piauí. Os procedimentos serão realizados nas áreas de oftalmologia, ortopedia, cirurgia geral e pediátrica.

De acordo com o secretário de Saúde, Reris Junior, serão 12 mil cirurgias de catarata e 5 mil procedimentos em diversas especialidades como ortopedia e pediátrica. Ao todo, 19 hospitais de Teresina e do interior estão sendo preparados com equipamento e profissionais para atender a demanda.

Foto: Divulgação / Ccom

“Vamos fazer cirurgias em determinadas especialidades que não são da rotina diária dos hospitais para diminuir a fila de espera por procedimentos dessa natureza. Dessa forma, estaremos descentralizando cada vez mais as ações de saúde, levando atendimento às mais diversas regiões e cidades do Piauí”, disse o secretário. 

Para a governadora Regina Sousa, outro objetivo da força tarefa é acelerar a fila para consultas especializadas. “Vamos também intensificar os atendimentos de consultas especializadas, olhando todos os setores da saúde, acelerando e dando vazão à fila de regulação por atendimentos em saúde de especialidades médicas específicas”, afirmou a gestora. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Com informações da Sesapi

Deixe seu comentário