PPP de Saúde Digital no Piauí segue suspensa por tempo indeterminado, diz Suparc

A PPP está suspensa e será revisada juntamente com entidades médicas e servidores do setor da saúde para melhorar a prestação dos serviços

24/07/2022 16:50h

Compartilhar no

O processo de licitação da PPP de Saúde Digital está suspenso, por tempo indeterminado, segundo a  Superintendência de Parcerias e Concessões do Piauí (Suparc). O projeto tem como objetivo democratizar o acesso à saúde especializada no Piauí e melhorar a regulação, diminuir as filas e garantir o bem-estar do paciente e da família.

Em caso de retomada, o edital será readequado para melhor atender à população, destacando que não se trata de privatização do Sistema Único de Saúde e o Governo não vai repassar para a empresa privada os serviços médicos do SUS do Piauí. A ideia do projeto é complementar o SUS e não substituí-lo, descentralizando o atendimento da medicina especializada, universalizando o acesso da população a esses serviços por meio da tecnologia.

(Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Isso aconteceria através da implantação de Salas de Atendimento Digital, que devem ser preparadas para receber o paciente para ser atendido pelo médico especialista via consulta por telemedicina, além de realizar exames no local por meio de um kit portátil, manuseado por um profissional da saúde.

A PPP está suspensa por tempo indeterminado, de acordo com aviso publicado no Diário Oficial do Estado, e será revisada juntamente com entidades médicas e servidores do setor da saúde para melhorar a prestação dos serviços.

O projeto busca otimizar e maximizar o uso da rede de saúde já existente, reduzindo custos para o Governo e dando mais qualidade de vida para pacientes e oportunidade de trabalho para profissionais de saúde. A prioridade são os eixos Materno-Infantil e Doenças Crônicas Não.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário