PPP do Centro de Convenções de Teresina será assinada nesta quarta-feira (9)

O contrato prevê a concessão do espaço pelos próximos 20 anos para a empresa vencedora da licitação

08/06/2021 14:03h - Atualizado em 08/06/2021 14:20h

Compartilhar no

O contrato de concessão de uso do Centro de Convenções de Teresina, será assinado, nesta quarta-feira (9), em solenidade restrita, no Salão Azul do Palácio de Karnak. A gestão ficará com a empresa DMDL Montagens de Stands Ltda, vencedora da licitação para o contrato de Parceria Público Privado (PPP) com o Governo do Estado.

(Foto: Divulgação/CCom)

De acordo com o projeto, elaborado pela Secretaria de Estado do Turismo (Setur) e pela Superintendência de Parcerias e Concessões (Suparc), a empresa ganhadora terá o uso pelos próximos 20 anos, e será responsável pela modernização, exploração, operação e manutenção do equipamento. Toda a infraestrutura visa contribuir para o desenvolvimento do turismo de negócios e serviços da capital.

“Estamos dando um passo muito importante. Teresina tem forte potencial para o turismo de negócios. Tivemos muitos entraves relacionados à obra, o Centro de Convenções faz uma falta grande em nossa capital, especialmente para o setor de eventos, para a realização de feiras, congressos, exposições e outros que geram empregos diretos e indiretos, movimentando a economia e colaborando para evitar o desemprego. Agora tudo isso será resolvido e o equipamento entregue para a população”, comenta Flávio Nogueira Júnior, secretário de Estado do Turismo, acrescentando ainda que após a assinatura do contrato segue ao local para uma vistoria técnica.

Ainda de acordo com o projeto, a DMDL Montagens de Stands, assumirá a conclusão do restante da obra, além de equipar e mobiliar o Centro de Convenções. A obra contempla um auditório para 1.200 pessoas, um bloco para área administrativa com salas para eventos pequenos e médios, banheiros adaptados, um restaurante, um estacionamento com mais de 300 vagas, lanchonete, além das áreas externas.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Com informações da CCom-PI

Deixe seu comentário