Governadora Regina Sousa determina corte no ponto de professores grevistas

Os docentes da rede estadual de ensino do Piauí estão em greve desde o dia 24 de fevereiro

20/05/2022 10:26h - Atualizado em 20/05/2022 10:58h

Compartilhar no

A Governadora Regina Sousa determinou, através do decreto 21.079, o desconto no contracheque dos profissionais da educação estadual que permanecerem em greve. A decisão tem como base o parecer do Tribunal de Justiça do Piauí que declarou a ilegalidade do movimento. 

Os docentes da rede estadual de ensino estão em greve desde o dia 24 de fevereiro, reivindicando aumento de 33% no piso salarial, conforme o patamar definido pelo Governo Federal. Ainda em março, a Assembleia Legislativa do Piauí aprovou uma proposta que  ofereceu um reajuste de 14,58% para os educadores, sendo que 10% é referente ao reajuste salarial e 4,58% referente ao auxílio-alimentação.

Foto: Reprodução

No decreto publicado no diário oficial do Piauí da última quinta (19), a governadora determina também a efetivação do novo calendário escolar, que começará a vigorar na próxima segunda 23 de maio.

Para repor eventuais desfalques com a manutenção da paralisação parcial, Regina Sousa determina no decreto a reorganização da lotação dos profissionais da educação, se necessário, a contratação temporária de professores substitutos.  

FOTO: Arquivo O DIA

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário