Iracema Portella se queixa de fake news: “Não desisti”

A vice revelou que a campanha vai intensificar a presença de Sílvio Mendes em Teresina e reforçar suas ações na capital

04/08/2022 17:13h - Atualizado em 04/08/2022 17:28h

Compartilhar no

Vice na chapa de Sílvio Mendes (União Brasil) na disputa pelo Palácio de Karnak, Iracema Portella (Progressistas) classificou como fake news os comentários sobre sua suposta desistência de concorrer ao cargo. Ela queixou-se que o principal grupo de oposição é alvo de ataques eleitorais por parte da base governista. 

“Todo dia, praticamente, tenho que desmentir que não desisti de ser candidata a vice-governadora. Eu estive presente durante toda a pré-campanha dos municípios piauienses, participei da nossa convenção e estou já na campanha. Essas fake News vem do desespero da situação colocando que desistimos”, disse em entrevista ao programa O Dia News, da O Dia Tv.

Foto: Jailson Soares / O Dia

Iracema Portella, por outro lado, criticou o governo e apontou as áreas da segurança, saúde e educação como as maiores reclamações da população. Ela apresentou uma das propostas do plano de governo da chapa que é a construção de 11 maternidades nas regiões de desenvolvimento do Piauí. 


Leia também“Vim no Piauí pra dizer que Rafael Fonteles é nosso candidato ao governo”, diz Lula 


“Temos maternidade em Teresina, mas nas regiões importantes do estado não temos maternidade. As mulheres precisam desse serviço, precisam também de um pré-natal eficiente. A taxa de mortalidade materna é muito grande. Estamos propondo 11 maternidades nas regiões do estado do Piauí”, prometeu. 

A vice revelou que a campanha vai intensificar a presença de Sílvio Mendes em Teresina e reforçar suas ações na capital. Já a propaganda gratuita de rádio e tv será utilizada pela coligação para mostrar os problemas do estado. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário