Leonardo Eulálio denuncia suposta irregularidade na compra de medicamentos na FMS

Para ele, a FMS deixa os estoques de medicamentos e insumos se esgotarem para realizar a compra emergencial.

15/09/2022 18:07h - Atualizado em 15/09/2022 18:18h

Compartilhar no

O vereador Leonardo Eulálio (PL) denunciou nesta quinta-feira (15/09) que o prefeito Dr. Pessoa (Republicanos) está alocando grande quantidade de recursos de outras pastas da administração para a Fundação Municipal de Saúde (FMS) após o orçamento voltado para a saúde chegar ao limite restando ainda quatro meses para o final do ano. 


Leia também: Em audiência, Ministério Público avalia situação de pacientes de longa permanência no HUT 


“Vamos fazer uma vasculha nos diários oficiais para sabermos quanto foi realocado para a saúde vindo de outras áreas visto que as compras não foram feitas de forma correta, através de abertura de licitação. Estão comprando através de dispensa de licitação e compra emergencial”, disse o parlamentar.

Leonardo Eulálio disse que essas informações já foram solicitadas a FMS, mas até o momento não foram prestadas. O vereador explicou que já realizou a denúncia ao Ministério Público depois que mais de 80% do orçamento já foi utilizado. 

“Toda vez que vamos ao Executivo é nos falado que medidas serão tomadas. O que uma reclamação da população e percebemos isso no dia a dia é a falta de medicamento. Já encaminhamos para o Ministério Público. Da dotação orçamentária, 80% foi gasto nos primeiros dois quadrimestres”, afirmou.  Para ele, a FMS deixa os estoques de medicamentos e insumos se esgotarem para realizar a compra emergencial. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário