Mainha se filia ao Solidariedade e fala em igualdade na disputa para Câmara Federal

O ex-deputado-federal acredita que o partido elegerá um deputado com a grande possibilidade de fazer uma segunda cadeira

16/02/2022 17:53h

Compartilhar no

A paridade entre os pretensos candidatos ao cargo de deputado federal na chapa que está sendo formada pelo Solidariedade foi o principal motivo que levou o ex-deputado-federal Mainha a se filiar a sigla na tentativa de retornar à Câmara Federal. Para ele, essa é a chapa de maior igualdade entre os postulantes. 

“Estamos disputando com uma paridade de armas. Todos temos oportunidades e chances de vencer a eleição. O presidente Evaldo Gomes fez um gol porque muitos partidos que já são tradicionais e grandes no Piauí não conseguiram viabilizar uma chapa competitiva da forma como o solidariedade está formando”, disse.


Leia tambémGessivaldo Isaías diz que fica com Wellington Dias, apesar de Dr. Pessoa no Republicanos 


No evento de sua filiação, que aconteceu nesta quarta-feira (16), no Plenarinho da Assembleia Legislativa, e contou com a presença do presidente nacional do partido, Paulinho da Força, Mainha afirmou que o Solidariedade elegerá um deputado federal e brigará fortemente na sobra dos votos para uma segunda cadeira.

Foto: Jailson Soares / O Dia

Evaldo lembrou que a estratégia montada para esse ano é mesma que elegeu a deputado Marina Santos. Ele defendeu que o partido possa chegar a fazer dois deputados federais pelo apoio que a Executiva nacional do partido tem dado aos estados para a eleição de uma bancada forte na Câmara. 

“Temos a possibilidade imensa de eleger dois deputados federais. Na eleição passada, sem apoio nenhum da direção nacional, nós elegemos uma deputada federal com 170 mil votos. Hoje nós temos respaldo e apoio da direção nacional”, afirmou. 

Foto: Jailson Soares / O Dia

Com mais uma filiação, o Solidariedade praticamente fecha a chapa. Evaldo Gomes, contudo, revela que ainda conversa com outros nomes, mas que estão em avaliação porque a estratégia de manter todos os candidatos competitivos não pode ser quebrada. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário