Próximos de expulsão no PP, vereadores Neto do Angelim e Valdemir tentam último diálogo

Os políticos estão irredutíveis em não apoiar Silvio Mendes ou qualquer candidato da oposição

05/08/2022 09:02h - Atualizado em 05/08/2022 09:08h

Compartilhar no

A crise envolvendo a falta de fidelidade dentro do Progressistas em Teresina deve mesmo terminar na expulsão dos dois vereadores do partido. Apoiando Rafael Fonteles (PT) e Wellington Dias (PT) os políticos estão irredutíveis em não apoiar Silvio Mendes ou qualquer candidato da oposição.

O Presidente do PP na capital, vereador Aluísio Sampaio, fez duras críticas aos vereadores  uma recomendação foi emitida para todos os diretórios municipais do partido cobrando fidelidade. 

Neto do Angelim criticou a falta de espaço dentro do PP e revelou que nesta sexta a situação deve ser definida. “A gente teve uma conversa com o Rafael, como tivemos com o nosso partido. Estamos esperando uma posição do nosso partido. Fomos muito bem recebidos pelo candidato do governo, ele nos contemplou com calçamento em algumas comunidades nossas. O partido não nos valorizou, nunca nos ouviram, é só isso que estamos cobrando. Aguardamos uma posição até essa sexta para tomar uma posição do nosso mandato. O que o partido fazer a gente vai cumprir”, afirmou.  

FOTO: Assis Fernandes/ ODIA

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário