PT realiza convenção e oficializa nomes que vão concorrer na eleição de outubro no Piauí

Partido se uniu em federação com outras legendas e apresentou as candidaturas de Rafael Fonteles ao Governo e de Wellington Dias ao Senado.

23/07/2022 17:49h - Atualizado em 23/07/2022 18:40h

Compartilhar no

Na tarde deste sábado (23) o Partido dos Trabalhadores do Piauí (PT-PI) realizou a convenção partidária para apresentação e lançamento oficiais dos nomes que vão concorrer pela legenda nas eleições gerais de outubro. Além do candidato a governador, Rafael Fonteles, do candidato a senador, Wellington Dias, o candidato a vice, Themístocles Filho (MDB), evento também contou com a presença de candidatos e candidatas estaduais e federais que compõem o Time do Povo.


Leia também: Rafael Fonteles ressalta investimentos com recursos próprios do Estado nos últimos anos 


No pleito deste ano, o PT integra federação com outros partidos como PV, PC do B, Agir (antigo PTC), PSB, MDB e PSD. Presente no evento, o candidato ao Governo do Piauí, Rafael Fonteles, destacou o início oficial da campanha. e agradeceu ao ex-governador Wellington Dias pela "oportunidade de servir ao povo do Piauí como secretário de Estado". Rafael Fonteles foi secretário de Fazenda do Piauí durante a gestão de Wellington.

Meu muito obrigado a todos que vieram aqui, de coração. E um agradecimento especial a todos esses homens e mulheres que fazem parte do Time do Povo, que colocam seu nomes à disposição do povo do Piauí para servir ao povo do Piauí. Todos aqui com muito serviço prestado: destaco a nossa governadora Regina Sousa, o nosso senador Marcelo Castro, e o nosso maior líder da história desse estado, o governador Wellington Dias. Muita gratidão pela oportunidade que o senhor me concedeu de poder servir o povo piauiense como secretário de estado", disse Rafael.


Foto: Jailson Soares/O Dia

Wellington Dias, que este ano concorrerá a uma vaga no Senado Federal, o momento é de colocar em protagonismo o povo piauiense e não somente os nomes dos partidos. É um momento social tanto quanto político que o ele classificou como "encontro do povo do Piauí". 


Foto: Jailson Soares/O Dia

"É encontro hoje é verdadeiramente um encontro do Piauí e do povo do Piauí. A cada um dos que vieram e a cada um e cada uma que nos acompanham pelas redes sociais, uma mensagem de muita responsabilidade. Eu sei que aqui celebramos um ato que chamamos de convenção, mas mais do que a aprovação na direção dos partidos, nossa maior responsabilidade é pela presença de quem comanda a eleição, que é o povo do Piauí", disse.

Wellington destacou também a presença na convenção de líderes da política e líderes sociais do campo e da cidade, do setor empresarial, a presença de gestores públicos e do setor privado e de empreendedores dos 224 municípios.

Para o candidato a vice-governador, Themístocles Filho, a grande missão de Rafael Fonteles será superar os governos de Wellington Dias e Regina Sousa. "Que cada homem e cada mulher saia daqui hoje pra dar o recado e convencer nossos amigos que não puderam estar aqui para transformarmos ainda mais o Estado do Piauí. Se o Wellington Dias trabalhou, um jovem governador de 37 anos tem obrigação de fazer um governo melhor que o do Wellington. E ele não vai se zangar por isso. Vai se zangar é se ele não fizer um governo melhor que o dele e o de Regina Sousa", disse Themístocles.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário