Rafael Fonteles não descarta novas filiações de prefeitos aos partidos da base

A prefeita de Luís Correia, Maninha Fontenele, se filiou ao MDB

06/05/2022 15:34h - Atualizado em 06/05/2022 15:51h

Compartilhar no

O pré-candidato ao governo do Piauí pelo Partido dos Trabalhadores, Rafael Fonteles, comemorou nesta sexta-feira (06/05) a filiação ao MDB da prefeita de Luís Correia, Maninha Fontenele, e não descartou que novos prefeitos de partidos da oposição possam aderir à base governista. 


Leia tambémLei que pune empresa que maltratar animais avança na Alepi 


“Ela não tinha obrigação nenhuma de mudar de partido, uma vez que não vai ser candidata, mas escolheu andar do lado de Lula, Wellington e Rafael. É um movimento cada vez maior e que se fortalece a cada dia”, disse Rafael ao deixar subtendido que novas filiações poderão acontecer. 

Foto: Divulgação

A prefeita Maninha Fontenele foi eleita pelo Partido Liberal (PL) e se filiou ao MDB durante solenidade nesta sexta-feira (06/05). A gestora que é ligada ao deputado estadual Dr. Hélio explicou que deixou o PL porque não possui afinidade com as pautas que o partido passou a defender desde a filiação do presidente Jair Bolsonaro. 

“Nosso grupo tem compromisso e responsabilidade com o nosso município e esse time, o time do povo, é o que mais se adequa ao nosso estilo de gestão", disse. "Estou feliz e orgulhosa em fazer parte desse projeto e levantar essa bandeira da esperança de dias melhores”.

Foto: Divulgação

A coordenação da campanha de Rafael Fonteles contabiliza que desde o início do ano já foram 15 lideranças políticas que integravam partidos de oposição que se filiaram ao PT, MDB e PSD. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário