Wellington aprova “coligação cruzada” entre MDB e PSD; anúncio sai na próxima semana

A união surge no momento em que políticos dos dois partidos lutam pela sobrevivência, tanto MDB quanto o PSD enfrentam dificuldades para a montagem de chapas

17/02/2022 10:03h - Atualizado em 17/02/2022 10:12h

Compartilhar no

O governador Wellington Dias revelou que aprova a estratégia de MDB e PSD que devem concretizar na próxima semana uma espécie de “coligação cruzada” com membros dos dois partidos disputando a eleição para deputado estadual e federal unidos. A união surge no momento em que políticos dos dois partidos lutam pela sobrevivência, tanto MDB quanto o PSD enfrentam dificuldades para a montagem de chapas proporcionais.

Em entrevista o governador explicou que a estratégia beneficiará a base governista. “Eleição é sempre com emoção, vamos trabalhar as decisões nacionais adequadas ao estado. Quero acreditar que a direção nacional do União Brasil, do MDB do PSD, o deputado Júlio César e o senador Marcelo Castro estão em Brasília discutindo. Sobre a união entre MDB e PSD dou total apoio, ela vai na direção do que eu mais desejo que é a unificação, ela fortalece a base aliada para a gente fazer uma quantidade grande de parlamentares para a Assembleia legislativa e a Câmara Federal”  finalizou Wellington.

Como o Portal O Dia noticiou MDB e PSD costuram nos bastidores uma união entre os partidos para disputar a eleição proporcional deste ano. Na prática a aliança seria uma “coligação” informal , deputados das duas siglas se uniriam em uma só. Informações de bastidores dão conta de que a chapa estadual seria formada no MDB e a chapa federal seria formada no PSD.  Uma reunião entre o comando dos dois partidos foi realizada neste final de semana e a aliança caminha para um entendimento.

FOTO: Assis Fernandes/ODIA

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário