Já conhece? Oito curiosidades interessantes do mundo do poker

Inventado há mais de 100 anos, o famoso jogo de cartas se tornou num fenômeno dos cassinos online nos últimos 20 anos

19/05/2021 12:22h - Atualizado em 19/05/2021 16:11h

Compartilhar no

O poker é um dos jogos mais populares do século 21. Inventado há mais de 100 anos, o famoso jogo de cartas se tornou num fenômeno dos cassinos online nos últimos 20 anos, tendo também conquistado muitos adeptos brasileiros. Originalmente jogado na França e nos Estados Unidos, o poker se tornou desde então num jogo de fama mundial, e o Brasil é mesmo um dos países que mais craques do poker formou: do top 100 de jogadores mundiais, 22 são brasileiros. Entre os melhores jogadores brasileiros de poker se encontram nomes como Alexandre Gomes, Thiago Decano, Roberly Felício, ou o famosíssimo André Akkari. Em homenagem aos grandes talentos das cartas do Brasil, decidimos partilhar consigo 8 curiosidades muito interessantes do jogo do poker:



1. Combinações (quase) infinitas

O poker é normalmente jogado com um baralho tradicional de 52 cartas e se baseia numa premissa muito simples: quem conseguir a melhor combinação vence os restantes jogadores na mesa. Isso até nos pode levar a pensar que o poker é um jogo limitado. Mas um simples cálculo matemático basta para provar o contrário: ao todo, existem umas exorbitantes 2,698,960 diferentes combinações no poker.

2. Sim, o poker é legal no Brasil

Os cassinos ainda não foram liberalizados no Brasil, e isso leva muitos jogadores a pensar que o mesmo se aplica ao poker. Mas não é verdade. Oficialmente, o poker é um jogo não-taxado mas permitido em território brasileiro, o que significa que você pode jogar com todo o conforto e segurança em sites de poker online. Pode consultar este site de jogos grátis em português para tentar sua sorte no poker e noutros grandes jogos de cassino online. A grande maioria dos jogadores profissionais de poker no Brasil começou por aprender a jogar em sites grátis sediados no exterior.

3. O Ás nem sempre foi a carta mais alta

No poker, não há sensação igual à de receber um Ás. A carta com maior valor no baralho, o Ás pode ajudar os jogadores a dominar uma mão por completo e a obter a melhor combinação. Mas você sabia que o Ás nem sempre foi a maior carta do baralho? Anteriormente, esse estatuto pertencia ao Rei, sendo que o Ás era mesmo a carta menos valiosa do deque, ficando abaixo do 2 ou do 3!

A mudança teve, com grande probabilidade, uma motivação política: a ideia de que o Rei é o mais poderoso pode ser vista como uma metáfora para os ultrapassados dias da monarquia.

4. Superstições do poker

Como o poker é um jogo de sorte, é normal que todos os jogadores sejam um pouco supersticiosos. Mas as duas mais populares superstições do poker não deixam de ser um pouco estranhas: aparentemente, jogar numa sala onde se encontra um cão é visto como má sorte, mas jogar com roupas mal lavadas é um sinal de boa fortuna...

5. Origem da palavra 'poker'

De onde vem a palavra poker? Curiosamente, a etimologia do nome 'poker' provém do alemão 'pochen', que significa 'se vangloriar'. Também é possível que o nome provenha do termo francês 'poque', que significa 'tempo'.

6. As mãos do poker têm alcunhas

Algumas combinações de poker se tornaram tão populares ao longo dos anos que acabaram por receber uma alcunha. A mão J7 foi batizada de "Jack Daniels", em homenagem ao whiskey do mesmo nome. Já a mão AA88 ficou conhecida como a "mão do homem morto" ("the dead man's hand") por ser a mão que o lendário fora-da-lei norte-americano Wild Bill Hicock estava jogando no momento em que foi baleado na cabeça. Hoje em dia, praticamente todas as mãos de poker têm uma alcunha curiosa.

7. O poker nem sempre teve várias rondas

Atualmente, o poker se joga em diversas fases, que contribuem para que a habilidade dos jogadores desempenhe um papel mais importante no decorrer de uma partida. No entanto, as versões originais do poker contavam apenas com uma ronda. Isso significa que os jogadores dependiam muito mais das cartas que estavam na mesa do que de jogos psicológicos e jogadas mentais. Talvez por isso o bluff se tornou numa técnica tão popular do poker nos dias de hoje, mesmo em jogos disputados à distância.

8. O baralho de cartas representa os dias do ano

Já reparou que o tradicional baralho de cartas representa os dias do ano? São 52 cartas que representam as 52 semanas do ano, 4 naipes que representam as 4 estações e 13 cartas em cada naipe, representando as diferentes fases lunares. Além disso, se você somar o valor de todas as cartas do baralho, o resultado é 364. Aí basta adicionar o Joker para obter os 365 dias do ano!

Mais do que uma coincidência, esta curiosidade pode ajudar a explicar a origem do tradicional baralho de cartas. Antes das cartas serem usadas para jogar, elas possuíam um valor essencialmente estotérico; basta pensar, por exemplo, nos baralhos do Tarot.

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário