Parnaí­ba

Em Parnaíba, quatro pessoas foram assassinadas em menos de 10 horas

Três homens e uma mulher foram mortos com disparos de arma de fogo e os crimes estão sendo investigados como execução.

27/11/2021 14:53h - Atualizado em 27/11/2021 15:05h

Compartilhar no

A noite desta sexta (26) e sábado (27) foram bastante violentas na cidade Parnaíba, litoral do Piauí. Em menos de 10 horas, a polícia registrou quatro assassinatos, sendo que três das vítimas eram homens e uma mulher. Todos os casos tinham características de execução

O primeiro crime foi registrado ainda na sexta-feira (26), por volta das 16h30, quando um jovem de apenas 16 anos, identificado como Eric Matheus da Silva foi morto com um tiro na cabeça. Ele chegou a ser socorrido e levado ao Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA), mas não resistiu e veio à óbito por volta das 22h. O adolescente estava acompanhado de um amigo, de 23 anos, que também foi baleado e encaminhado ao hospital.

A segunda morte em Parnaíba foi registrada por volta das 23h, na localidade Rancharia, zona rural do município. Um homem, que não teve a identidade divulgada, foi morto com vários tiros e encontrado por populares em uma estrada vicinal. Diversas cápsulas foram encontradas ao lado do corpo.

(Fotos: Reprodução/WhatsApp)

A outra vítima foi uma mulher, ainda não identificada. Ela foi assassinada por volta das 2h30 da madrugada deste sábado (27), próximo à Lagoa do Portinho, com vários tiros, característico de execução. Ao lado do corpo da vítima foram encontrados os símbolos ‘CV2’, que significa ‘Comando Vermelho’. Populares encontraram o corpo em uma estrada carroçal e acionaram a Polícia Militar.

A quarta morte da madrugada foi registrada às 5h30. Um homem, ainda não identificado, foi morto na estrada Boa Esperança, zona rural de Parnaíba, também a tiros. O corpo do homem foi localizado em uma estrada na BR-402, que liga o Piauí e o Ceará.

A Polícia Militar e o Instituto Médico Legal (IML) foram acionados para recolher os corpos. Todos os casos estão sendo investigados pela Delegacia de Combate a Homicídios, Tráfico de Drogas e Latrocínio de Parnaíba (DHTL).

Vale destacar que, desde o início deste mês estão sendo feitas ações para reforçar a segurança no litoral, inclusive com a criação de uma Força Tarefa para combater facções que atuam no litoral.

No dia 03 de novembro, o prefeito Felipe Ribeiro encaminhou um ofício à Secretaria de Estado da Segurança pedindo a atuação da Força Estadual de Segurança. No documento, ele destaca que o “aumento da violência na cidade é causado por uma guerra de facções criminosas”, diz o ofício.

Nesta sexta-feira (05), as equipes da Força Estadual de Segurança já estão em Cajueiro da Praia, desenvolvendo estratégias e atuando contra a criminalidade. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) também terá um papel importante nessas ações, já que irá fornecer instrumentos tecnológicos com dados e informações que serão úteis. É o que explica o superintendente da PRF, Paulo Nunes Moreno.

Após uma semana de ações, no dia 12 de novembro, o secretário de Segurança do Piauí, Rubens Pereira, chegou a afirmar que já se observava um controle da criminalidade no litoral.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário