“Ainda não fiz convites”, diz Rafael Fonteles sobre anúncio de novo secretariado

Fonteles destaca que “o secretariado deve ter o perfil do governador”

30/10/2022 18:05h - Atualizado em 30/10/2022 18:14h

Compartilhar no

Em entrevista ao O DIA, o governador eleito do Piauí, Rafael Fonteles, afirmou que ainda não fez os convites aos novos secretários do seu governo, que terá início em janeiro de 2023. Entretanto, ele destaca que, a partir da semana que vem, os nomes devem ser anunciados. “A partir de amanhã a gente vai começar a discutir com as forças políticas do nosso estado e devo começar a apresentar alguns nomes na próxima semana”. 


(Foto: Arquivo O DIA)

Segundo Fonteles, “o secretariado deve ter o perfil do governador”. Ele destaca que os novos secretários devem ter um compromisso técnico, social e político para dialogar com os diversos setores da sociedade. “O que a gente faz é exatamente isso: conciliar os interesses para tentar fazer a política com uma diretriz principal, que é ajudar aos mais pobres. Acho que essa coisa de inegociável não existe. Tudo é conversa com todas as forças políticas. Em algumas você tem indicações de partidos, outras você tem indicações mais próprias do governador”, disse. 

O futuro governador do Estado pontua ainda que só divulgará os nomes, quando fizer os convites. “Não tenho ainda nomes definidos. Chico Lucas é um grande nome, ele é bom em qualquer área. Mas não darei nomes, não fiz convites ainda”, acrescenta.

No dia 3 de outubro, um dia após eleito, Fonteles anunciou Antônio Luiz Soares Santos como o Secretário de Fazenda do Piauí. O anuncio foi feito por meio das redes sociais, onde o novo governador do estado agradece à Antônio por ter aceito o convite. "Agradeço ao renomado auditor Antônio Luiz Soares Santos por ter aceitado o convite para ser Secretário de Fazenda do Estado do Piauí a partir de 2023", disse Rafael Fonteles no Twitter. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no