Com crescimento de casos de Covid-19, HGV anuncia mais 10 leitos de UTI

Ao todo, serão 10 novos leitos para o tratamento de pacientes que a presentem sintomas graves

10/02/2022 16:07h

Compartilhar no

O crescimento dos casos de Covid-19 no Piauí levou a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) a ampliar a oferta de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital Getúlio Vargas, uma das principais unidades da rede hospitalar do estado. Ao todo, serão 10 novos leitos para o tratamento de pacientes que a presentem sintomas graves. 


Leia tambémTeresina: saiba como funcionarão comércio e escolas durante o período de carnaval 


O diretor-geral do HGV, Osvaldo Mendes, explico que foi observado nas últimas semanas que pacientes chegavam no hospital para a realização de outros procedimentos e acabavam testando positivo para a Covid. 19. O gestor comentou que a ampliação permitirá que o HGV atue dentro de uma margem de segurança. 

Foto: Divulgação / O Dia

“Nas últimas semanas tivemos aumento de casos, com detecção de pacientes que chegavam para fazer algum procedimento e testavam positivo. Assim, com a preocupação do Governo e orientação do Comitê de Operações Emergenciais (COE), abrimos mais leitos e agora estamos com 20. O que nos dá uma folga e podemos respirar mais tranquilos, pois com esses leitos, temos condições de atender mais pacientes”, explica o gestor.

Aumento de casos

O Piauí segue a tendência nacional de aumento de casos de Covid-19 desde o início do mês de janeiro. De acordo com a Sesapi, o primeiro mês deste ano registrou o maior número de casos desde agosto do ano passado, com mais de 8 mil casos confirmados. A elevação refletiu também nos óbitos diários pela doença, que chegou a 17 casos. 

A Sesapi decidiu suspender os atendimentos ambulatoriais e as cirurgias eletivas nos hospitais públicos de gerenciamento estadual desde a segunda-feira, dia 31 de janeiro de 2022. O retorno das aulas presenciais na rede pública foi adiada para o mês de março. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário