Estádios do Piauí receberão campanhas de combate ao racismo

As campanhas deverão ocorrer no sistema de som e de vídeo dos estádios com a exibição de mensagens com a criminalização do racismo e de LGBTfobia

29/04/2022 14:22h

Compartilhar no

Os estádios que recebem partidas de competições oficiais da Federação de Futebol do Piauí (FFP) serão palco de campanhas de combate ao racismo e à LGBTfobia. A primeira veiculação acontece no próximo domingo, 1º de maio, no estádio Albertão, no confronto entre Altos e Flamengo-RJ pela Copa do Brasil


Leia tambémAltos e Flamengo, final do Piauiense e Série D: confira jogos do fim de semana de futebol 


A medida foi adotada após assinatura de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) da FFP com o Ministério Público do Piauí na quinta-feira (28/04). A audiência extrajudicial aconteceu depois dos atos de racismo observados nos jogos entre Corinthians e Boca Juniors e Flamengo e Universidad Católica, ambos pela Taça Libertadores.

Foto: Arquivo / O Dia

“A Federação assumiu o compromisso de organizar campanhas de conscientização, mediante a produção de material gráfico, com faixas, folders, banners, outodoors e/ou minidoors, sobre o enfrentamento de práticas discriminatórias em estádios do Piauí. Os materiais deverão ser divulgados no ato de todas as competições esportivas a cargo da FFP e no site oficial”, resumiu o Ministério Público. 

As campanhas deverão ocorrer no sistema de som e de vídeo dos estádios com a exibição de mensagens com a criminalização do racismo e de LGBTfobia. A FFP tem 30 dias para informar à 49ª Promotoria de Justiça um plano de ações para implantação das medidas. O descumprimento da medida poderá gerar multa diária de R$ 500,00.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário