MP investiga se construção de viaduto na Frei Serafim traz risco para construções tombadas

Órgão oficiou a Semplan, a Saad Centro e a Seman para prestarem informações sobre a obra e verificar se o projeto está de acordo com o Plano de Mobilidade Urbana.

12/09/2022 09:05h

Compartilhar no

O Ministério Público do Piauí (MPPI) instaurou procedimento para apurar denúncia acerca da construção do viaduto no cruzamento das Avenidas Frei Serafim com Miguel Rosa, no Centro de Teresina. O órgão ministerial quer saber se a obra pode trazer eventuais riscos às edificações tombadas e que são patrimônio histórico e cultural de Teresina na Frei Serafim além dos possíveis impactos na mobilidade urbana da capital.


Leia também: Cruzamento da Miguel Rosa com Frei Serafim é liberado totalmente após estudo técnico 



Foto: Assis Fernandes/O Dia

O procedimento foi aberto pela 24ª Promotoria de Justiça de Teresina, que tem como titular a promotora Carmelina Mouta. De acordo com ela, além do estudo de impacto da construção do viaduto, o Ministério Público vai apurar também se o projeto está de acordo com o Plano Diretor de Transporte e Mobilidade Urbana de Teresina.

Como medida inicial, o MPPI já enviou ofício para a Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenação (Semplan), à Superintendência das Ações Administrativas e Descentralizadas (SAAD Centro) e à Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Seman). Estes órgãos devem apresentar ao Ministério Público no prazo de 10 dias, informações sobre eventuais projetos e licenças ilegais e sobre a observância do Plano Diretor de Transporte e Mobilidade Urbana de Teresina.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Com informações do MPPI

Deixe seu comentário